Matérias | Geral


Itajaí

MP denuncia construtora por detonar meio ambiente

Construtora Silva Packer é acusada de ter arrancado mais de dois mil metros quadrados de mata atlântica em Balneário Camboriú

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

O ministério Público da Santa & Bela, através da 5ª Promotoria de Justiça de Balneário Camboriú, ingressou com uma ação criminal contra a Silva Packer Construtora e Incorporadora, Carlos Humberto Silva e Gina Carles Packer Silva, sob a denúncia de crimes contra a flora. A ação diz respeito ao corte de vegetação de mata atlântica num terreno nos fundos dos edifícios Terraços da Rainha e Bellas Artes, às margens da estrada da Rainha. Na denúncia, o MP pede que a dupla vá em cana ou cumpra um monte de exigências pra compensar o dano ambiental.

Os acusados teriam detonado a vegetação nativa sem autorização do órgão ambiental competente. Esta é a acusação na ação assinada pelo promotor André Otávio Vieira de Mello. O dotô alega que foram ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


Os acusados teriam detonado a vegetação nativa sem autorização do órgão ambiental competente. Esta é a acusação na ação assinada pelo promotor André Otávio Vieira de Mello. O dotô alega que foram arrancadas árvores schizolobium parahyba, a popular guapuruvu, com troncos com mais de 50 centímetros de diâmetro. Além disso, outras espécies de vegetação de mata atlântica também foram arrancadas, totalizando 2,2 mil metros quadrados de área degradada.

Na ação, o MP pede que Carlos Humberto e Gina, representantes legais da Silva Packer, sejam interrogados e condenados às sanções penais previstas no código penal. A pena mínima seria de um ano de reclusão. No entanto, como os acusados não têm antecedentes criminais, o promotor propôs a suspensão da pena mediante o cumprimento de algumas condições: comparecimento mensal ao fórum; proibição de se ausentarem do Balneário sem a autorização do juiz; elaboração e execução de um projeto de recuperação de área degradada; e pagamento de multa individual de R$ 20 mil.



Carlos Humberto foi procurado pela reportagem do DIARINHO na tarde de sexta-feira, mas ele não estava na sede da Silva Packer. O contato realizado por e-mail também não foi respondido até o fechamento desta edição.

Obras irregulares

Em abril deste ano, a 5ª Promotoria já tinha ingressado com uma ação pedindo a paralisação das atividades no terreno da Silva Packer. A alegação era de que as licenças de corte de vegetação não tinham validade, uma vez que foram emitidas pela prefa, que na época não tinha convênio com a fundação do Meio Ambiente (Fatma). A juíza Adriana Lisboa, da Vara da Fazenda Pública, acatou o pedido e suspendeu todas as atividades, bem como anulou a validade das licenças já emitidas e proibiu o município de liberar novos cortes de árvores.


A construtora Silva Packer tentou convencer a dotora a autorizar a continuidade das obras, porém perdeu a briga mais uma vez. Em resposta ao recurso judicial, a dotora liberou a prefa pra emitir novos alvarás de corte de vegetação, já que agora Balneário estaria em dia com a parceria com o órgão estadual. No entanto, os papélis assinados antes da regularização com a Fatma continuam sem validade.

O convênio com a Fatma foi assinado há seis meses, mas ficou sem efeito até a segunda quinzena de novembro. Pra liberar a atividade, a juíza exigiu que a prefa comprovasse a capacitação dos servidores que trampam no setor.

A coordenadora do departamento Técnico Ambiental da secretaria de Meio Ambiente, Carin Dorow, afirma que o convênio com a Fatma autoriza a prefa a liberar cortes de vegetação com várias restrições. Uma delas é o impedimento do município em liberar cortes pra empreendimentos grandões e que necessitem de licenciamento ambiental.

Em geral, os projetos que contemplam 10 ou mais unidades habitacionais requerem licenciamento e todo o processo é executado pela Fatma. Portanto, a derrubada de árvores em empreendimentos como o da Silva Packer nunca poderia ser liberada pelo município. A prefa também é proibida de autorizar cortes em áreas superiores a 10 mil metros quadrados.





Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






3.229.117.123

Últimas notícias

Regras no Brasil

Uso de máscaras em aviões e aeroportos não é mais obrigatório

Barra Velha

Traficante com 92 passagens policiais é morto em confronto com a PM

Solidariedade

Bebê de um ano precisa de ajuda para fazer transplante de fígado

Balneário

Traficante é preso em flagrante com skunk, maconha e haxixe

ITAJAÍ

Placa de concreto desaba sobre  caminhão e deixa motorista preso

VIACREDI

Programa Aprendiz Cooperativo tá com inscrições abertas

Direito do consumidor

Conselho Nacional de Justiça lança cartilha para facilitar vida de endividados; aprenda a sair do vermelho

Reforços

Marinheiro tem novo lateral direito e meia-atacante

Clássico da Anvisa

CBF aceita multa de R$ 1,6 milhão para cancelar clássico com a Argentina

Clássico estadual

Handebol Itajaí recebe Blumenau pela Liga Nacional



Colunistas

JotaCê

Espaço público?

Clique diário

Igreja Senhor Bom Jesus dos Aflitos

Coluna Esplanada

Perigo online

Coluna Tema Livre

Cuidado com os candidatos

Gente & Notícia

Max Fercondini no Itajaí Shopping

Canal 1

Destino conspira a favor de Jade Picon em Travessia

Coluna do Janio

Elenco quase formado

Coluna Exitus na Política

O lixo

Jackie Rosa

Família Pereira comemora boa fase do grupo Fort

Instituto Ion | Informando e Inovando

Inovação da tecnologia

Na Rede

Se liga nas matérias que foram destaque nas redes do DIARINHO

Via Streaming

“Westworld”

Vinicius Lummertz

Santa Catarina: as melhores cidades, PIB nas alturas. Por quê?

Coluna do Ton

Festinha

Coluna Fato&Comentário

Antonico Ramos e o sonho do vigia

Artigos

Cenas para mudar o cenário



TV DIARINHO


- Mar agitado, frente fria e chuva forte vêm aí novamente!- Dono de quitinete encontra o inquilino assassinado ...



Podcast

Minuto DIARINHO - 17/08/2022

Publicado 17/08/2022 16:37



Especiais

ENTREVISTA

Duda Salabert “Quando uma travesti é eleita, a sociedade inteira avança”

Brasil

Quem está destruindo as unidades de conservação do cerrado

Saúde

Salsicha, hambúrguer e nugget: pesquisa identifica agrotóxicos em alimentos

famoso

Garçom há 30 anos, Claudinho ama BC

Diversidade religiosa

Mestre Marne quebrou tabus para defender a fé nos orixás



Blogs

A bordo do esporte

Produtos para carros híbridos e esportivos no Brasil ganham novidades

Blog do JC

Chefe de Gabinete afirma que tá de boa com prefeito

Blog da Ale Francoise

Tá com tosse aí?

Blog Doutor Multas

Bafômetro pega vape: verdade ou mito? Entenda de uma vez por todas

Blog do Ton

Blumenau ganhará o primeiro lounge bar em formato rooftop

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado

Blog da Jackie

BALNEÁRIO FASHIOW foi SHOW



Entrevistão

Douglas Costa Beber

"Somos a cidade mais saneada de Santa Catarina e uma das mais saneadas do Brasil”

Gabriela Kelm do Nascimento

“A maioria entende que o calçadão da Hercílio Luz deve permanecer porque foi um ganho para a cidade ”

Normélio Weber

"O Hermeto Pascoal vai estar ali. O Toquinho vai estar aqui. O Brasileirão, de Curitiba... Vai estar Chico César...”

Cláudio Werner

“O nosso clube é um formador de atleta olímpico”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação