Matérias | Geral


Itajaí

Ator que teria apanhado de filho de abobrão vai processar pai e filho

Ex-presidente da Câmara e atual secretário de Planejamento teria chamado o cara de viadinho. Já filho de Pissetti teria descido a porrada no rapaz

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]


O ator Fernando Honorato, 31 anos, vai processar o secretário de Planejamento e Gestão da prefeitura de Itajaí, Luiz Carlos Pissetti, e o filho dele, Lucas Otávio Pissetti, porque foi agredido e ofendido pela dupla. Segundo ele, pai e filho participaram de um ato de pura covardia na semana passada, na saída do fórum peixeiro, quando Lucas teria seguido o artista e o espancado no meio da rua. Fernando acusa ainda o ex-vereador de xingá-lo de “viadinho”.


Ainda abalado com o que aconteceu, Fernando recebeu o DIARINHO ontem à tarde e contou, tintim por tintim, a sequência de acontecimentos daquele 12 de dezembro. “Falar daquilo ainda me faz sentir ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

OU

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


Ainda abalado com o que aconteceu, Fernando recebeu o DIARINHO ontem à tarde e contou, tintim por tintim, a sequência de acontecimentos daquele 12 de dezembro. “Falar daquilo ainda me faz sentir medo. Eu sei que tô lidando com pessoas muito perigosas”, acredita o ator.



Tudo começou em 31 de dezembro do ano passado, quando rolou, na câmara de Vereadores de Itajaí, a votação da verticalização da Praia Brava. Fernando estava entre os manifestantes que tentavam vetar o projeto. “Eu me lembro que o Pissetti, que era presidente da casa na época, desrespeitou todo o mundo. Xingou um casal de vagabundos”, lembra.

Durante a sessão, Pissetti teria mandado parte do público calar a boca, “que era ele quem mandava lá”, afirma o ator. A grosseria do então vereador deixou muita gente indignada. Tanto que, após a sessão, uma chuva de comentários lotou o perfil pessoal e profissional do atual abobrão no Facebook. “Como homem público, ele sabe que está sujeito a ouvir algumas coisas. Por isso, não deveria ter falado o que falou”, critica Fernando.


O artista também se manifestou contra Pissetti no perfil profissional chamado Dublê de Urso Panda e admite tê-lo xingado. “Eu chamei ele de vagabundo. Não lembro agora o que mais eu disse”, fala. O desabafo on-line custou-lhe um processo.

Foi chamado de “viadinho”


Em 12 de dezembro, quinta-feira passada, os dois voltaram a ficar frente a frente, desta vez no fórum de Itajaí, onde rolou a audiência de conciliação. Antes de entrarem, segundo Fernando, o abobrão teria feito um escândalo e, fora de controle, o ameaçou. “Ele dizia: ‘me chama de vagabundo de novo, agora, me chama!’”, narra.

A audiência conciliatória rolou apenas com Fernando. Pisseti, que esperou do lado de fora da sala, teria entrado apenas pra assinar um termo. Não teve acordo entre os dois e, ao fim do encontro, ambos saíram, o secretário em direção ao estacionamento, e o ator rumo ao bicicletário, pra pegar a sua magrela. “Antes de sair, Pissetti encontrou o filho dele [Lucas] no estacionamento. Ele apontava pra mim e dizia: ‘aquele lá é o vagabundo”.

Mesmo de longe e na companhia de uma criança de pequena, Lucas, que ouvia o pai atentamente, passou a xingar e ameaçar o ator. “Eu vou pegar você. Eu já puxei cadeia e sou muito perigoso. Eu vou te pegar”, dizia o filho de Pissetti, de acordo com o denunciante. Neste momento, Pissetti teria jogado ainda mais lenha na fogueira. “E parece que é viadinho ainda”, teria dito.

Foi perseguido, levou tranco e diz que apanhou

Fernando trepou na magrela e saiu em direção ao bairro São Judas. Enquanto pedalava pela rua Silva, percebeu que Lucas, na boleia de um carro vermelho, o seguia. O filho de Pissetti o alcançou na metade da rua Pedro Joaquim Vieira, no São Judas. “Ele jogou o carro na traseira da bicicleta. Eu caí e fiquei por baixo dela”, recorda. Lucas saiu do carro, avançou contra o ator e o teria espancado com socos e pontapés. Enquanto a agressão rolava solta, a mesma criança de quatro anos chorava no banco de trás do carro. “A criança tava na cadeirinha, no banco de trás, e não parava de chorar, mas ele nem deu importância”, fala.


Fernando ameaçou levar o caso à polícia. Nesse momento, Lucas teria dado mais uma prova de seu descontrole: “ele mandou fazer o BO e dizer que a pessoa que o espancou era bandido. Diz que eu sou bandido”, conta o ator.

Com ferimentos pelo corpo, Fernando foi até a central de Plantão Policial (CPP), na rótula do Vanolli, e tentou registrar um boletim de ocorrência contra Lucas. Segundo ele, contudo, só foi possível oficializar a agressão na terça-feira, cinco dias após ter apanhado. “Eu fui na quinta-feira [um dia depois do fato], na sexta, no sábado, no domingo e na segunda. Sempre que eu ia, tinha um flagrante acontecendo e não dava pra registrar”, lembra.

Abalado, Fernando não tem dúvidas de que a agressão de Lucas e as injúrias de Pissetti mancharam não apenas a reputação dos artistas, mas a de toda a população itajaiense. “Eu não consigo mais dormir nem trabalhar, com medo do que me pode acontecer. Eu sou apenas um trabalhador, e eles detêm o poder”, desabafou.

O DIARINHO entrou em contato com o secretário Pisseti, atraves do telefone celular, mas as chamadas caíram na caixa de mensagens. Barnabés da secretaria de Planejamento e Gestão prometeram que o chefão retornaria a ligação, mas isso não ocorreu até o fechamento do jornal.

Sociólogo náo acha que artistas sejam mais vulneráveis à violência


Essa não é a primeira manifestação de um representante do poder público contra um artista de Itajaí. Em 3 de dezembro, o vereador José Alvercino Ferreira (PP), o Zé da Codetran, defendeu a interrupção abrupta do show da cantora Giana Cervi, que se apresentava na Vila da Regata.

Visivelmente irritado com a repercussão negativa do ato, praticado pelo presidente da comissão organizadora da Vila da Regata, Amílcar Ganizaga, Zé disse que Giana merecia uma surra. “Ele [Amílcar] devia ter tirado da tomada, dobrado em dois e dado nas costas dela ainda, pra ela aprender”, sugeriu o vereador. Giana, depois, foi à câmara de vereadores e Zé se desculpou com ela.

Apesar das circunstâncias semelhantes das duas ocorrências, o sociólogo Sérgio Saturnino não acredita que os artistas estejam mais susceptíveis a injúrias, como as proferidas contra Giana e Fernando. “Não há um grupo, digamos, preferencial para esse tipo de comportamento. Há uma infeliz coincidência”, avalia o sabichão.

Para Saturnino, o tempo em que os artistas eram perseguidos por causa da expressão crítica contida em sua arte já passou. “Se alguém ainda pensa que isso possa ocorrer, provavelmente tem uma visão completamente ultrapassada. Os artistas, de uma forma geral, passam ilesos”, explica.

Sérgio cita outra comunidade como uma das principais vítimas desse tipo de perseguição, ainda que de forma isolada. “Os jornalistas e as instituições jornalísticas, certamente, são mais susceptíveis”, concluiu.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Clique aqui para fazer o seu cadastro.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.

Entre em contato com a redação ❯
WhatsAPP DIARINHO

Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






100.28.132.102

Últimas notícias

Empresário acusado de assassinato é preso dirigindo Camaro em Itapema

Litoral

Empresário acusado de assassinato é preso dirigindo Camaro em Itapema

Brusque recebe o Avaí no Gigantão das Avenidas

Série B

Brusque recebe o Avaí no Gigantão das Avenidas

Vôlei: Seleção brasileira de novos faz amistosos em SC

Futuro da amarelinha

Vôlei: Seleção brasileira de novos faz amistosos em SC

Balneário Camboriú domina regional dos Joguinhos com cinco troféus

Esporte

Balneário Camboriú domina regional dos Joguinhos com cinco troféus

40 dias depois: Greve de federais caminha para o fim com propostas do governo

EDUCAÇÃO

40 dias depois: Greve de federais caminha para o fim com propostas do governo

Acidente entre carro e moto acaba em confusão no Imaruí

ITAJAÍ

Acidente entre carro e moto acaba em confusão no Imaruí

Justin Timberlake é preso dirigindo bêbado

Se passou

Justin Timberlake é preso dirigindo bêbado

Juliana Pavan é alvo de montagens na internet

MEME OU FAKE NEWS?

Juliana Pavan é alvo de montagens na internet

Arraiá traz sabor de festa junina ao Itajaí Shopping; veja o menu

DELÍCIAS

Arraiá traz sabor de festa junina ao Itajaí Shopping; veja o menu

Bianca Andrade anuncia 50 tons de base, a maior cartela de cores do Brasil

Beleza

Bianca Andrade anuncia 50 tons de base, a maior cartela de cores do Brasil



Colunistas

Paulo Guedes prestigia BC

JotaCê

Paulo Guedes prestigia BC

Coluna Esplanada

Mais uma do PCC

E quem cuida de quem cuida?

Ideal Mente

E quem cuida de quem cuida?

Coluna Exitus na Política

O feitiço da educação: a magia de ser (3)

Gramado do Gigantão

Show de Bola

Gramado do Gigantão

Como o trabalho rural pode antecipar e aumentar o valor da aposentadoria

Direito na mão

Como o trabalho rural pode antecipar e aumentar o valor da aposentadoria

Luta por direitos

Via Streaming

Luta por direitos

Seja hábil para lidar com ambiente tóxico nas organizações

Mundo Corporativo

Seja hábil para lidar com ambiente tóxico nas organizações

Pastores deixam a Bola de Neve e flagra de tarado na praia de Navegantes: se liga no que bombou no DIARINHO

Na Rede

Pastores deixam a Bola de Neve e flagra de tarado na praia de Navegantes: se liga no que bombou no DIARINHO

Festerê família Silva e Sodré

Jackie Rosa

Festerê família Silva e Sodré

Colégio Catarinense 5

Histórias que eu conto

Colégio Catarinense 5

Artigos

Nos 164 anos de Itajaí, as pontes são para o futuro

Coluna Fato&Comentário

Itajaí: 164 anos de município, não de fundação

O dinheiro te serve ou você serve o dinheiro?

Diário do Investidor

O dinheiro te serve ou você serve o dinheiro?

Niver da Candice

Coluna do Ton

Niver da Candice

Níver da Margot

Gente & Notícia

Níver da Margot

“O mar, quando quebra na praia”

Foto do Dia

“O mar, quando quebra na praia”

Coluna Existir e Resistir

Designação geral sobre o fim do mundo



TV DIARINHO


Júri popular de motorista do Jaguar que matou duas mulheres e feriu outras três começa nesta quarta. ...





Especiais

 Marcha para Jesus se tornou um terreno político em disputa

BRASIL

Marcha para Jesus se tornou um terreno político em disputa

Confira 10 dicas para curtir Itajaí no feriado

15 de junho

Confira 10 dicas para curtir Itajaí no feriado

10 edifícios recomendados como um ótimo investimento

LUXO É VIVER BEM

10 edifícios recomendados como um ótimo investimento

Costa itajaiense coleciona casos de naufrágios

Desde o século 19

Costa itajaiense coleciona casos de naufrágios

Sapataria artesanal é um negócio de família 

Tradição

Sapataria artesanal é um negócio de família 



Blogs

Arraial do Passeio

Blog da Jackie

Arraial do Passeio

Ricardo Gracia Filho na prova de Le Mans

A bordo do esporte

Ricardo Gracia Filho na prova de Le Mans

Pavan diz que Gelson não tem equilibrio

Blog do JC

Pavan diz que Gelson não tem equilibrio

A pílula da felicidade

Blog da Ale Francoise

A pílula da felicidade

Amitti Móveis inaugura loja em Balneário Camboriú

Blog do Ton

Amitti Móveis inaugura loja em Balneário Camboriú

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Gente & Notícia

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

"Houve um racha de parte do União Brasil com parte do MDB”

Márcio Dedé

"Houve um racha de parte do União Brasil com parte do MDB”

“Este muro imaginário de [BC] rica e [Camboriú] pobre que tem que acabar”

LEONEL PAVAN

“Este muro imaginário de [BC] rica e [Camboriú] pobre que tem que acabar”

"No momento que eu implanto o pronto-socorro dentro de uma das alas do Ruth, eu resolvo atender o ser humano e não comprovante de residência e título de eleitor”

Edson Piriquito

"No momento que eu implanto o pronto-socorro dentro de uma das alas do Ruth, eu resolvo atender o ser humano e não comprovante de residência e título de eleitor”

"Balneário Camboriú não precisa de capitão, fantoches, seres iluminados, ungidos. Precisa de pessoas comprometidas com a democracia”

Marisa Zanoni Fernandes

"Balneário Camboriú não precisa de capitão, fantoches, seres iluminados, ungidos. Precisa de pessoas comprometidas com a democracia”



Hoje nas bancas

Capa de hoje
Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação