Matérias | Reclamações


Itajaí

Moradora do Brejo tá cansada da esculhambação e atrasos dos busos da Coletivo

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Todos os dias, dona Nilva Damaso, 52 anos, vai ao centro peixeiro cedinho e só volta pra casa no final da tarde. Moradora do bairro Cordeiros, no Jardim Esperança, o conhecido Brejo, ela trampa como cuidadora de idosos. A ida e volta do centro, há tempos, se transformou numa tortura. Nilva carca que os busos da Coletivo, empresa do transporte público em Itajaí, tão em péssimas condições, mais parecendo carroças velhas. E ela ainda solta o verbo por causa dos horários: “A gente é pobre e depende da Coletivo pra trabalhar. O ônibus, que era pra ser às 7h10, vai passar pelas 7h20, 7h30. Depois, faz o contorno na Caninana, vai pelo Imaruí, dá uma baita volta pra depois ir pro centro”, conta.

Ontem de manhã, a situação piorou. De acordo com dona Nilva, outro latão, que ia pra localidade de Votorantim, quebrou. Ao invés de trocarem de busão, quem teve que sair e dar lugar a esse pessoal ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


Ontem de manhã, a situação piorou. De acordo com dona Nilva, outro latão, que ia pra localidade de Votorantim, quebrou. Ao invés de trocarem de busão, quem teve que sair e dar lugar a esse pessoal foram os passageiros da linha do Jardim Esperança. “Hoje, já veio atrasado. Estávamos sentados, mas aí tivemos que desembarcar e pegar outro ônibus com poucos lugares. Eles acham que só porque é bairro pobre tem que se ferrar. Pagamos três reais da passagem pra andar nesses ônibus podres, caindo aos pedaços. Tem dias que não dá nem pra se mexer, pois tá entupido de gente”, desabafa.

Pra Nilva, a Coletivo deveria colocar mais linhas e em intervalos menores naquela região. “O povo do Brejo cresce, e aqui só passa de meia e meia hora. Estou tão chateada com isso! É uma baixaria”.



“Falta mobilidade em Itajaí”, chora gerente da Coletivo

Questionado sobre o perrengue que os moradores do Brejo tão enfrentando, o gerente operacional da Coletivo, Marco Littig, diz que tá tudo em ordem com os busos e os atrasos são culpa do trânsito da city peixeira. “Com o aumento da frota de veículos em Itajaí, o trânsito tá cada dia mais congestionado. Isso provoca os atrasos nas linhas do transporte público. Não há o que fazer, só se a cidade criasse corredores próprios para os ônibus”, avalia.

Hoje, a empresa possui 59 latões pro transporte urbano. Segundo Littig, não há uma frota específica pra cada bairro, e os ônibus são distribuídos conforme o encaixe de escalas. Sobre o veículo que quebrou, Marco não soube explicar. “Não teve nenhum relato desse tipo hoje (ontem)”, diz. Os ônibus da Coletivo passam por revisões preventivas e corretivas, acrescentou o bagrão da empresa.





Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






3.236.225.157

TV DIARINHO


O domingo chuvoso e de frio não tirou a disposição dos pescadores que participaram do 4º Arrancadão ...



Podcast

Inflação e alta na taxa de juros

Publicado 06/08/2022 14:47



Especiais

Saúde

Salsicha, hambúrguer e nugget: pesquisa identifica agrotóxicos em alimentos

famoso

Garçom há 30 anos, Claudinho ama BC

Diversidade religiosa

Mestre Marne quebrou tabus para defender a fé nos orixás

conexão

Networker aproxima Balneário Camboriú das celebridades

Sem medo do trabalho

Dona Terezinha toca uma confecção aos 84 anos



Blogs

A bordo do esporte

Seleção Brasileira de Vela inicia treinos para SSL na Suíça

Blog do JC

Isaque Borba

Blog Doutor Multas

Desentupidora de pia em Moema: chegada rápida, orçamento sem compromisso e garantia no desentupimento

Blog do Ton

O Segredo dos Tubarões

Blog da Ale Francoise

Inclua inhame no seu dia!

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado

Blog da Jackie

BALNEÁRIO FASHIOW foi SHOW



Entrevistão

Gabriela Kelm do Nascimento

“A maioria entende que o calçadão da Hercílio Luz deve permanecer porque foi um ganho para a cidade ”

Normélio Weber

"O Hermeto Pascoal vai estar ali. O Toquinho vai estar aqui. O Brasileirão, de Curitiba... Vai estar Chico César...”

Cláudio Werner

“O nosso clube é um formador de atleta olímpico”

Willian Cardoso, o Panda

"Saquarema provavelmente vai ser meu último mundial, aí eu vou estar focado no brasileiro”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação