Matérias | Geral


Marejada

Festa celebra a cultura portuguesa e a alegria peixeira

Evento preserva os pilares família, inclusão e sustentabilidade

Franciele Marcon [fran@diarinho.com.br]

Primeiro barril de chope foi sangrado na noite desta quinta-feira (Foto: Joca Baggio)


Embora a chuva tenha atrapalhado um pouco a ida do itajaiense ao Centreventos para a primeira noite da Marejada, quem foi não escondeu a satisfação de retornar à festa portuguesa e do pescado após um intervalo de dois anos.

A 34ª edição foi aberta pelo prefeito em exercício Marcelo Sodré e pelo secretário de Turismo Evandro Neiva com a sangria do primeiro barril de chope. A organização estima que cerca de 5 mil pessoas visitaram a Marejada na primeira noite e a estimativa é de um público entre 250 mil e 300 mil visitantes nos 18 dias de festa. A entrada é gratuita.

Evandro diz que a Marejada segue o planejamento feito pela pasta do turismo em 2017, quando o município optou por trazer a festa de volta para o calendário das festas de outubro e com a retomada da tradição familiar, que havia se perdido com o tempo.



"Voltamos com uma proposta mais robusta e cada vez mais profissionalizada, valorizando a gastronomia e a cultura local, focando ainda mais nos pilares família, inclusão e sustentabilidade", pontua Evandro.

Marcelo Sodré diz que é uma grande satisfação retornar com a festa, inclusive comemorando a vitória sobre a pandemia da Covid-19 que assolou o planeta. "Temos certeza que essa Marejada será um sucesso em termos de público e organização", destaca o prefeito em exercício.

A festa é uma tradição entre os moradores. “É muito bom voltar para a Marejada depois de dois anos sem a festa, um patrimônio de Itajaí. Não sou natural da cidade, mas escolhi Itajaí para viver há quase 20 anos e desde então nunca faltei a uma edição da Marejada”, diz a empreendedora Rita de Cássia Soares.


Ministro veio conhecer

O ministro do Turismo, Carlos Brito, visitou a Marejada antes da abertura dos portões. Ele veio a Santa Catarina para conhecer as festas de outubro.

O secretário Neiva adianta que a prefeitura deve protocolar no Ministério do Turismo o projeto para obtenção de recursos federais para o novo terminal de passageiros de Itajaí, além de formalizar parcerias para a The Ocean Race, que aporta na cidade em abril do ano que vem.

Festa de família

A programação da 34ª Marejada segue até 23 de outubro com mais de 100 apresentações musicais e apresentações de dança de vários estilos. Todas as atrações são de Itajaí e região. 


A gastronomia é um dos destaques. São 10 restaurantes com pratos à base de frutos do mar, além de lanches tradicionais e pratos sem glúten e sem lactose. Além da marca oficial da festa, a Germânia, há  outras seis cervejarias locais, com 20 opções.

Temporada de festas típicas

Santa Catarina tem sete festas típicas no mês de outubro. A mais famosa é a Oktoberfest Blumenau, que é a segunda maior Oktoberfest do mundo, atrás apenas da de Munique, na Alemanha. A festa começou na quarta-feira e segue até o dia 23 de outubro na Vila Germânica.

Mas também tem a Oktoberfest de Itapiranga, no Oeste catarinense, de 8 de outubro a 6 de novembro. A  Festa do Imigrante, em Timbó, chega a sua 30ª edição e acontece entre os dias 7 a 12 de outubro.


A Fenarreco, de Brusque, também começou nesta quinta-feira e segue até o dia 16 de outubro. Já a Tirolerfest, em Treze Tílias, começa nesta sexta-feira e segue até 13 de outubro.

O Festival do Camarão, em Porto Belo está em sua 6ª edição e acontece entre os dias 13 e 16 de outubro. Pra fechar, a Festa do Produto Colonial, em São Martinho, acontece entre os dias 21 e 23 de outubro.

Cerveja com cheirinho de maconha é proibida na Oktoberfest

Cerveja polêmica não combina com

Cerveja polêmica não combina com "tradição alemã", diz prefeito

 

O prefeito de Blumenau, Mário Hildebrandt (Podemos),  botou água no chope da galera que queria tomar cerveja com aroma de maconha. A bebida foi desenvolvida pela cervejaria Balbúrdia, e acabou vetada pela organização do evento.


“Foi com bastante indignação que recebi a notícia”, disse o prefeito sobre a Hemp.

“Solicitei que a cervejaria responsável fosse notificada para que não oferte o produto dentro dos pavilhões da Oktoberfest. Uma festa de tradição alemã, de cultura e gastronomia germânica não pode oferecer qualquer produto que faça alusão ao uso de drogas”, considerou.

A cervejaria explicou que o produto vinha sendo desenvolvido no último ano e 3 mil litros estavam preparados para a venda no cardápio da Oktoberfest. 

A Hemp é feita com o chamado “blend de terpenos” extraídos de plantas que, quando misturados, resultam no aroma parecido com o da cannabis – mas a bebida não é psicoativa.

 




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






3.236.65.63

Últimas notícias

ESPINHEIROS

Filmado: Moça tem bolsa com dinheiro e documento furtada em mercado

Pesquisa de preços

Bora conferir as pechinchas da semana pra garantir o churrasco do jogo do Brasil

GUSTAVO BERNEDT

Motorista é socorrida após capotar carro em Cordeiros

Copa do Mundo

Inglaterra bate Senegal e pega França nas quartas

RIO GRANDE

Barco de pesca de Itajaí encalha na praia do Cassino

Fim das buscas

Corpo do cabo Teodoro é achado no rio

ITAJAÍ

Moradora da Itaipava pede ajuda para consertar veículo que tinha sido roubado

ITAJAÍ

Homem morre atropelado na BR 101

SOLIDARIEDADE

Família faz vaquinha para ajudar no tratamento dos filhos autistas 

Copa do Mundo

Brasil terá Neymar de volta contra a Coreia do Sul



Colunistas

JotaCê

Anna na presidência da Câmara?

Coluna Exitus na Política

A liberdade do tempo

Coluna Esplanada

Posse disputada

Clique diário

Curvas da Atalaia

Canal 1

“Fazenda” entra na reta final com a certeza do dever cumprido

Na Rede

Confira o que bombou nas redes sociais do DIARINHO

Via Streaming

“Rainha de Katwe”

Foto do Dia

Entrada da Barra

Jackie Rosa

Mulherada reunida

Vinicius Lummertz

SC do futuro: nas BRs, 2023 pode ser pior do que 2022

Gente & Notícia

Família Koch na Copa

Direito na mão

O que acontece se a empresa não pagou o INSS do funcionário? Como fica a aposentadoria?

Coluna do Janio

Marinheiro no mercado

Coluna do Ton

Mãe & Filha

Coluna Fato&Comentário

Alvim Sandri: "História de vida", aos 99 anos

Artigos

Não queremos viver numa pátria dominada pela bandidagem



TV DIARINHO


Entrevistão com Alvin Sandri



Podcast

Entrevistão com Alvin Sandri

Publicado 03/12/2022 10:10



Especiais

Pesquisa de preços

Bora conferir as pechinchas da semana pra garantir o churrasco do jogo do Brasil

OLHO NA DOSE

Pesquisa de preço mostra onde bebidas quentes são mais baratas

Na Estrada com o DIARINHO

Maravilhas naturais fazem de Bombinhas o Caribe catarinense

Itajaí

Do imóvel popular ao de altíssimo padrão são as apostas da Lotisa

Alto padrão

Procave agrega valor e exclusividade



Blogs

A bordo do esporte

Araruama (RJ) confirma calendário de regatas de 2023

Blog do JC

Quadrangular 71 anos

Blog Doutor Multas

Fumar e dirigir dá multa?

Blog do Ton

Festa The Box comemora 5 anos neste fim de semana em Balneário Camboriú

Blog da Ale Francoise

Os poderes da Spirulina!

Blog da Jackie

Spring Party

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Alvim Sandri

"Levei a vida que a minha mãe ensinou: fé em Deus e andar certo

Marcelo Sodré

"A hora que entrar o contrato de arrendamento essa agonia se dissipa. As empresas vêm pra fazer o porto continuar crescendo”

James Winter

“Só vai haver desemprego e demissão em massa se não tiver carga aqui no Porto de Itajaí”

Décio Lima

"Hoje, de R$ 97 bilhões que são arrecadados pelo governo federal em Santa Catarina, apenas R$ 7 bilhões voltam”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação