Matérias | Geral


Itajaí

Fiscalização em Balneário Camboriú fecha cinco comércios no centro da city

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Uma operação dos fiscais da prefa, dos vermelhinhos e da polícia Militar fechou estabelecimentos comerciais na avenida Central e na rua 11, no centro da Maravilha do Atlântico, na noite de terça-feira. O foco da operação eram bares e restaurantes, mas sobrou até pra uma loja de importados, que vendia narguilés, aqueles cachimbos de água orientais usados pra fumar em grupo. Ao todo, cinco estabelecimentos que não tinham algum dos alvarás foram fechados. Um deles não tinha documentação nenhuma.

Os proprietários foram notificados e terão uma semana pra regularizar os papélis pra poder abrir as portas novamente. De acordo com a lista divulgada pela PM, as empresas que não tinham todos os ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


Os proprietários foram notificados e terão uma semana pra regularizar os papélis pra poder abrir as portas novamente. De acordo com a lista divulgada pela PM, as empresas que não tinham todos os alvarás em dia e foram fechadas são Café no Ponto, Arabesc, Cleopatra, Gourmet Restaurante e Baja California.

O diretor de fiscalização de alvará da prefa, Gilberto Hostins, diz que as firmas não foram multadas porque terão o prazo legal pra ficar nos conformes. Segundo ele, há uma semana as empresas visitadas já estavam numa listinha negra apresentada numa reunião entre representantes da vigilância Sanitária, secretaria da Fazenda, corpo de Bombeiros e PM. “Todas as que estavam na lista tinham o cadastro na prefeitura”, afirma. Por isso os fiscais ficaram dicara que um estabelecimento não tinha nenhum documento.



Gilberto diz que os fiscais notificam cerca de 600 empresas por ano, o que representa menos de 15% das firmas instaladas em Balneário Camboriú. As taxas da prefa são anuais, dependem do porte de cada estabelecimento e podem ser pagas sempre no último dia de janeiro do ano seguinte.

Ele não soube informar se a empresa sem lenço nem documento chegou a ser multada, mas informa que as multas às empresas consideradas clandestinas podem chegar a R$ 5 mil.

O dono da lanchonete Café no Ponto, Altedanio Faust, 66 anos, garante que todas as taxas estavam quitadas, mas os comprovantes ficaram com o contador. Ele reclama que os fiscais não tiveram paciência pra esperar ele explicar toda a situação e foram logo fechando o comércio. “Poderiam dar um dia ou 12 horas úteis pra apresentar os documentos antes de interditar”, chia.


Altedanio explica que o bar foi adquirido há 47 dias e teve a razão social alterada, por isso toda a documentação estava sendo colocada em dia. Ontem ele já iria apresentar os comprovantes na prefa pra reabrir a lanchonete. “Mas tenho que esperar a tarde, porque no setor que preciso ninguém trabalha de manhã”, reclama.

A sócia do restaurante Baja California, Corine Alberti, 33, diz que a única pendência era a vistoria dos Bombeiros. “O pior é que era pra ele ter ido naquele dia à tarde, mas não foi”, lamenta. Ela também diz que quase todas as taxas estavam quitadas, mas que dependia do trampo dos vermelhinhos pra quitar o alvará na polícia Civil. “Sem o laudo do bombeiro assinado, a polícia Civil nem aceita”, explica.

Ontem, ela tava na correria pra colocar a casa em dia e esperava que o vermelhinho fosse ao local no início da tarde, pra ela conseguir pagar a taxa da polícia Civil e abrir o restaurante ainda na noite de ontem. Corine reclama que a prefa sempre dá essas batidas em cima da temporada de verão e sugere que esse serviço seja feito em outubro, quando os comerciantes não tão esbaforidos pra dar conta do trampo e da turistada que invade a Maravilha. Corine diz que só de taxas pra manter o comércio aberto, ela gastou 880 reales. “Fora os impostos que são pagos mensalmente”, reclama.

A reportagem tentou contato com os proprietários dos outros três estabelecimentos fechados, mas não conseguiu um plá com eles.

Abrir lojinha é uma Via Crucis


O primeiro passo pra quem for abrir uma loja na Maravilha do Atlântico é procurar a secretaria de Planejamento na prefa pra ver a viabilidade de implantação do comércio no local planejado. “Este é o primeiro local que precisa ir. A taxa custa em torno de R$ 20”, explica Gilberto. Dependendo do que se quer abrir, o futuro comerciante tem que procurar a vigilância Sanitária, onde o alvará pode custar até R$ 3 mil. Depois, precisa da inspeção e liberação dos vermelhinhos, sendo que pra eles também é necessário desembolsar uma grana. Por fim, é preciso autorização da secretaria do Meio Ambiente. A boa notícia é que lá não se paga nada.

Só então é que os papélis têm que ser levados pra delegacia da 4ª avenida, onde também é necessário coçar o bolso pra ter o alvará de funcionamento, emitido pela polícia Civil. Com isso tudo na mão e com a documentação da empresa, o empresário volta na prefa pra pegar o alvará de licença de localização. “É expedido pela secretaria da Fazenda e custa de R$ 300 a R$ 3 mil por ano, dependendo do porte da empresa”, explica Gilberto.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






18.204.56.185

Últimas notícias

BALNEÁRIO

Fim do mau cheiro: Dragagem do Marambaia vai tirar 6 mil m3 de lodo do canal

ITAJAÍ

Trecho do molhe teve asfalto destruído e deve passar por recuperação

Famosa

Vidente prevê “catástrofe”, destruição total de Balneário e os números da Mega-Sena

CULTURA

Feira Literária de Penha vende livros a partir de R$ 1 

Destaque internacional

Semasa vai apresentar case de sucesso na Dinamarca

BALNEÁRIO

Motorista de aplicativo é preso por tentar matar homem a facadas

BALNEÁRIO

Dono de quitinete encontra o inquilino assassinado

Santa Catarina

Itajaiense vítima de feminicídio é homenageada em programa de proteção à mulher

Festão

Festival da cerveja de Gaspar terá mais de 50 rótulos

SANTA CATARINA

Imóveis residenciais vão pagar cerca de 8% a mais na conta de luz



Colunistas

JotaCê

Pavan brigou com Amin e fechou com Moisés

Coluna Esplanada

Mão amiga

Canal 1

Alta cúpula do SBT tem encontro com presidente da CBF

Coluna do Janio

Elenco quase formado

Coluna Exitus na Política

O lixo

Jackie Rosa

Família Pereira comemora boa fase do grupo Fort

Clique diário

Itajaí vista do alto

Instituto Ion | Informando e Inovando

Inovação da tecnologia

Na Rede

Se liga nas matérias que foram destaque nas redes do DIARINHO

Via Streaming

“Westworld”

Gente & Notícia

Lançamento da Absoluta no Iate Clube Cabeçudas

Vinicius Lummertz

Santa Catarina: as melhores cidades, PIB nas alturas. Por quê?

Coluna do Ton

Festinha

Coluna Fato&Comentário

Antonico Ramos e o sonho do vigia

Artigos

Cenas para mudar o cenário

Coluna Tema Livre

Não é fácil ser mulher



TV DIARINHO


Na noite desta terça-feira um jovem de 23 anos foi esfaqueado na avenida Brasil, no centro de Balneário ...



Podcast

Minuto DIARINHO - 16/08/2022

Publicado 16/08/2022 16:44



Especiais

ENTREVISTA

Duda Salabert “Quando uma travesti é eleita, a sociedade inteira avança”

Brasil

Quem está destruindo as unidades de conservação do cerrado

Saúde

Salsicha, hambúrguer e nugget: pesquisa identifica agrotóxicos em alimentos

famoso

Garçom há 30 anos, Claudinho ama BC

Diversidade religiosa

Mestre Marne quebrou tabus para defender a fé nos orixás



Blogs

A bordo do esporte

Lars Grael tenta mais um título Brasileiro de Star neste fim de semana

Blog do JC

Chefe de Gabinete afirma que tá de boa com prefeito

Blog da Ale Francoise

Tá com tosse aí?

Blog Doutor Multas

Bafômetro pega vape: verdade ou mito? Entenda de uma vez por todas

Blog do Ton

Blumenau ganhará o primeiro lounge bar em formato rooftop

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado

Blog da Jackie

BALNEÁRIO FASHIOW foi SHOW



Entrevistão

Douglas Costa Beber

"Somos a cidade mais saneada de Santa Catarina e uma das mais saneadas do Brasil”

Gabriela Kelm do Nascimento

“A maioria entende que o calçadão da Hercílio Luz deve permanecer porque foi um ganho para a cidade ”

Normélio Weber

"O Hermeto Pascoal vai estar ali. O Toquinho vai estar aqui. O Brasileirão, de Curitiba... Vai estar Chico César...”

Cláudio Werner

“O nosso clube é um formador de atleta olímpico”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação