Matérias | Especial


Itajaí

É possível fugir da mesmice na hora de montar o cardápio da ceia?!

Só é! Chefs da faculdade de Gastronomia da Univali e uma pioneira da vida saudável dão dicas e ensinam o passo a passo de duas deliciosas receitas

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Tem quem ame esta época do ano para meter o pé na jaca sem medo de ser feliz, mas se você já passou desta fase e tá cansado das gordices das ceias natalinas, não se desespere, você não está sozinho! A Fausta foi pesquisar receitas que podem dar aquele upgrade na sua festa em termos de beleza, sabor, nutrição e, o que é melhor, sem pesar na consciência! Isso porque, se não rolou o apocalipse no fim do mundo maia no ano passado, não é agora que você vai botar tudo a perder, né?

“Ah, Fausta, deixa de ser chata, é só uma vez por ano!”, o leitor pode dizer, e eu concordo. Deus o livre ser estraga-prazeres, mas também temos que levar em consideração que é pra frente que se ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


“Ah, Fausta, deixa de ser chata, é só uma vez por ano!”, o leitor pode dizer, e eu concordo. Deus o livre ser estraga-prazeres, mas também temos que levar em consideração que é pra frente que se anda, e quando atingimos um certo nível de consciência do que botamos pra dentro, é difícil voltar atrás. Até porque o próprio paladar muda, não curtindo mais tranqueiras gordurosas.

Além disso, o verão tá aí, ou seja, não vai dar tempo de fazer o detox pra estrear o biquíni. E tem outra: muito mais do que pela estética, o prazer de saber que consumir mais vegetais e grãos afasta o fantasma de doenças brabas, como o câncer, é infinitamente maior do que aquela misturança doida. Podes crer, nega!



Sem falar na nova geração, que voltou a ser aguerrida como outrora, e não engole mais o jeito como os animais são criados, preferindo, como eles dizem, saciar a fome sem crueldade. Eu não aderi ao vegetarianismo, mas admiro quem coloca a compaixão pelos animais acima da glutonice. Tem quem diga que se as pessoas conhecessem o jeito com que a carne é produzida, nunca mais a colocariam na boca. Por isso, minha gente, sempre prefira comprar galinha e ovo caipira, que não têm hormônio nem antibiótico, peixe que não seja de criadouro e carne de boi que se alimentou no pasto.

Desafio sem carne


A chef e professora de Gastronomia da Univali, Cacilda Vogel, 65 anos, aceitou o desafio do DIARINHO de ensinar um prato principal sem carne para a Ceia de Natal. Ela escolheu o cuscuz marroquino vegetariano. “É um prato fácil, nutritivo e saboroso”, recomenda. A chef contou que o cuscuz é feito de sêmola, um subproduto do trigo, muito utilizado na culinária árabe, que tomou outra forma no Brasil.

“Em São Paulo, usa-se a farinha de milho para fazer o cuscuz, que é enformado, decorado com sardinha, ovo, tomate, ervilha e comido frio. Nós estamos usando a receita original, em que a sêmola é hidratada e depois se agregam os vegetais salteados. Quem não for vegetariano pode usar a receita como acompanhamento ou até como recheio de aves, que é bem mais light”, explica. O toque especial da chef fica por conta do chá de hortelã fresco, que hidratou o cuscuz. Acompanhe o passo a passo.

Hora do café

Bolo de frutas substitui com louvor os panetones industrializados


Versão natureba leva açúcar mascavo e demerara, trigo integral, ovos orgânicos e vinho tinto seco

A empresária Tânia Mara Fernandes, 47 anos, comanda há 14 anos, com muito sucesso, o único restaurante de comida orgânica da city, o Univital. Ela recebeu a Fausta num dia quente de dezembro, quando estava arrumando a mesa para o café da tarde, cheio de bolos, sobremesas e pratos salgados, todos feitos com grãos integrais e frutas sem agrotóxico, receitas que são como a mestre-cuca: cheios de fibra! E o que é melhor: sem abrir mão do sabor. Para o DIARINHO, ela preparou um bolo de frutas natalino, que foi que nem diz minha cumádi Ruth: um tapa! Mal ela acabou de decorar, os clientes atacaram o bolo e ficaram suspirando e revirando o zoinho. Um até encomendou um bolo inteiro! Quer melhor prova de que ela tá no caminho certo?

Tânia também deu dicas de como deixar a ceia mais light sem ser chamada de ecochata. “No salpicão, por exemplo, faço questão de usar galinha orgânica, milho de espiga e ervilha vendida a granel, que é cozida igual feijão, se deixa de molho de um dia pro outro e depois vai pra panela. Dá mais trabalho, mas vale a pena. Não usamos nada que seja em lata por causa do excesso de sódio”, ensina. Para o molho, ela diz que usa maionese de soja ou de abacate ou, ainda, pasta de grão de bico e tahine, o hommus.


Outra coisa legal é a rabanada de pão integral e açúcar mascavo, que ela batizou de “Fatia do Céu”, e é assada, não frita. “Muitos clientes vêm tomar café da tarde só pra comer nossa fatia do céu”, se orgulha. Acompanhe, agora, a receita de “Bolo Natalino”, que leva frutas secas e é aromatizado com vinho tinto. Um desbunde de bão!

Bolo Natalino

Ingredientes

1 xícara de passas

1 xícara de vinho tinto seco


1/3 xícara de óleo de canola ou girassol

1 xícara de açúcar mascavo

4 ovos

2 xícaras de trigo integral

1 colher (sopa) de fermento químico

1 xícara de frutas cristalizadas

Raspas de laranja

1 colher (sobremesa) de canela

½ xícara de nozes

½ xícara de amêndoas

1 xícara de creme de leite light

3 claras

3 colheres (sopa) de açúcar demerara

Raspas de limão

1 - Coloquer as passas de molho no vinho por 12 horas.

2 - No liquidificador, coloque os ovos, óleo, açúcar, vinho e creme de leite light.

3 - Coloque numa vasilha e misture com o trigo, as frutas (deixe algumas para a decoração), raspas de laranja e por último o fermento.

4 - Unte uma fôrma com buraco no meio e leve pra assar em forno a 200 graus por cerca de 40 minutos.

5 - Para a cobertura, leve as claras e o açúcar ao fogo; quando ferver, leve pra bater na batedeira até o ponto de marshmellow.

6 - Espere o bolo esfriar para colocar a cobertura e enfeitar com cerejas, frutas cristalizadas, figo e nozes.

Cuscuz vegetariano

Ingredientes

2 xícaras de cuscuz

½ colher de manteiga

½ abobrinha

½ cenoura

¼ xícara de passas

¼ xícara de damasco

½ maço de hortelã

Azeite extra-virgem

Salsa picada

Sal

Pimenta do reino

1 - Primeiro deixe as frutas secas hidratando na água morna por 20minutos

2 – Pique bem os ingredientes para facilitar o preparo

3 – Deixe o cuscuz de molho na tijela com 500ml de chá de hortelã por 10minutos

4 – Salteie a abobrinha e a cenoura na frigideira quente com manteiga

5 – Tempere com sal e pimenta, coloque a salsa e o azeite e misture tudo

6 - Decore com folhas de hortelã e sirva imediatamente. Serve duas pessoas como prato principal, acompanhado de salada verde e molho de iogurte com ervas.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






18.208.126.232

TV DIARINHO


Minuto DIARINHO- Ciclone extratropical deixa rastro na região;- Em Balneário Camboriú, clube flutuante ...



Podcast

Minuto DIARINHO 09/08/2022

Publicado 09/08/2022 20:22



Especiais

Saúde

Salsicha, hambúrguer e nugget: pesquisa identifica agrotóxicos em alimentos

famoso

Garçom há 30 anos, Claudinho ama BC

Diversidade religiosa

Mestre Marne quebrou tabus para defender a fé nos orixás

conexão

Networker aproxima Balneário Camboriú das celebridades

Sem medo do trabalho

Dona Terezinha toca uma confecção aos 84 anos



Blogs

Blog Doutor Multas

Bafômetro pega vape: verdade ou mito? Entenda de uma vez por todas

Blog do JC

Desencantou

Blog do Ton

Blumenau ganhará o primeiro lounge bar em formato rooftop

A bordo do esporte

Seleção Brasileira de Vela faz sessão de treinos contra a Argentina

Blog da Ale Francoise

Inclua inhame no seu dia!

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado

Blog da Jackie

BALNEÁRIO FASHIOW foi SHOW



Entrevistão

Gabriela Kelm do Nascimento

“A maioria entende que o calçadão da Hercílio Luz deve permanecer porque foi um ganho para a cidade ”

Normélio Weber

"O Hermeto Pascoal vai estar ali. O Toquinho vai estar aqui. O Brasileirão, de Curitiba... Vai estar Chico César...”

Cláudio Werner

“O nosso clube é um formador de atleta olímpico”

Willian Cardoso, o Panda

"Saquarema provavelmente vai ser meu último mundial, aí eu vou estar focado no brasileiro”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação