Matérias | Geral


Itajaí

Bombeiros alertam pro uso de foguetes

Acidentes com fogos de artifício bombam nesta época do ano, período de melhor venda pros comerciantes dos barulhentos e coloridos

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]


Festas juninas, campanha eleitoral e réveillon. Estas são as datas em que as vendas de fogos de artifício bombam nas citys da região. Muita gente acha bacana promover o barulhão pra celebrar o fim de um ano e dar as boas-vindas ao que está chegando. Com as vendas, aumentam também os acidentes. O tenente dos vermelhinhos da Maravilha do Atlântico, Daniel Dutra, diz que todo final de ano é a mesma coisa: gente pedindo socorro no telefone de emergência por causa de queimaduras feitas por foguetes manuseados de forma incorreta.


O comerciante de Itajaí, Auri Pavan, vende fogos de artifício há 30 anos e conta que a venda do bagulho diminui gradativamente. Segundo ele, o volume de vendas caiu pra caramba nos últimos 10 anos ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

OU

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


O comerciante de Itajaí, Auri Pavan, vende fogos de artifício há 30 anos e conta que a venda do bagulho diminui gradativamente. Segundo ele, o volume de vendas caiu pra caramba nos últimos 10 anos, quando a fiscalização se tornou mais rigorosa e as leis mais severas. “Antes, colocava-se no caminhão e saía vendendo por aí. Hoje em dia, o transporte precisa ser feito num caminhão específico e é fiscalizado; mudou muito”, explica.



No Brasil, a produção, o armazenamento, o transporte e a venda de fogos de artifício são regulamentados pelo exército. Uma lei federal estabelece que os milicos precisam analisar a planta e a localização das fábricas e exigir uma série de laudos específicos e testes dos produtos. As fábricas também não podem ser instaladas nas citys pra evitar tragédia, caso role alguma explosão. Depois de tudo aprovado, a firma recebe um certificado, mas está sujeita à fiscalização periódica, que é de responsa dos fiscais municipais e estaduais da secretaria de Segurança Pública do estado. Na prática, nos municípios da região, a cada renovação de alvará são os vermelhinhos que dão uma bizolhada pra ver se a loja está armazenando o produto de forma adequada.

O comerciante peixeiro acredita que o controle mais rigoroso fez com que o povo passasse a comprar menos foguetes. “Hoje está mais controlado, as embalagens são mais fortes, tudo muito mais seguro”, afirma. O que antes vendia como água o ano todo, atualmente sai, praticamente, apenas no fim de ano. “As vendas aumentam mais de 90% em dezembro”, diz.


O que mais sai é a caixa de foguete com 12 tiros e um rojão, que custa, em média, 17 reales. A bateria de 468 tiros de barulho e cores também tem boa saída e custa R$ 180. “Também vendem bem nesta época as miudezas pra crianças”, revela. Os artefatos conhecidos como buscapé, estalo de salão e árvore de natal custam de três a 15 pilas. “Mas nada que se compare a antigamente”, conta.

Com a queda drástica, este ano ele decidiu trabalhar apenas de forma consignada: o que não é vendido volta pra fábrica. Pra ele, os acidentes e as grandes tragédias em fábricas paulistanas e cariocas nos anos 90 também deram um apavoro geral no povão. Ele mesmo deixou de estourar foguetes em 1999, quando manuseou de forma errada um artefato, que acabou explodindo bem do lado do ouvido. Hoje, quase 15 anos depois, Auri ainda sente os reflexos do acidente e nunca mais estourou nem bombinha.


Todo cuidado é pouco na hora soltar os fogos

O tenente dos vermelhinhos, Daniel Dutra, alerta que o povão que curte estourar foguete precisa ter muito cuidado, ao manusear os artefatos. Ele indica que o povo compre sempre em lojas que tenham o alvará dos bombeiros pendurado na parede e que sempre respeite as instruções que estão escritas nas caixas do produto.

“Se seguir tudo que está escrito, as chances de ocorrer algum acidente são menores”, diz. As dicas são claras: o foguete deve ser colocado no chão, na base pronta que vem junto, num lugar aberto e sem ninguém próximo ao local. Depois de atear fogo, o camarada tem que chispar de perto o quanto antes e acompanhar o resultado de longe.

O ideal, segundo o vermelhinho, é sempre respeitar a distância entre 30 e 50 metros do foguete.


Se a bomba não estourar, precisa esperar uns cinco minutos pra conferir de perto e jamais reaproveitar o material. “E se comprar os fogos e for guardar em casa, precisa colocar num local seguro, longe de fontes de calor, como fogão e isqueiro”, orienta. Outra dica fundamental é jamais encher a cara antes de soltar os fogos e nunca estourar os artefatos no meio da muvuca, pra não ferir ninguém.

Animais sofrem com a barulheira

Quem não gosta nada do barulho dos fogos são os bichinhos de estimação. Estressados com a barulheira, os animais podem apresentar comportamentos até então desconhecidos pelos donos e mesmo fugir de casa. Por isso, a principal dica do veterinário do canil Municipal de Itajaí, Denílson Vargas da Silva, é prender os animais.

Segundo o dotô, cães e gatos ficam desorientados diante de um cenário estressante. A primeira reação do bicho é fugir do perigo. Por isso, mesmo que um bichinho não tenha histórico de fujão, se ele estiver solto no quintal, Denílson assegura que ele vai tentar escapar. O ideal é prender os animais em coleiras. Melhor ainda se eles puderem ficar dentro de casa. “Dentro de casa os animais podem ficar soltos. O importante é que o animal não vá pra rua e acabe se perdendo ou mesmo sendo atropelado”, orienta.

A segunda dica é para aqueles animais que já apresentam um comportamento mais assustado. Nesses casos, Denílson sugere que os donos fiquem com os bichinhos no colo durante a queima de fogos. Assim, o animal vai se sentir mais confortável e tranquilo. Contudo, o dotô frisa que todas essas dicas visam diminuir o estresse dos animais. “Melhor do que todas essas dicas seria não soltar os fogos. Apesar da beleza, esses shows trazem transtornos. Não só cães e gatos se estressam, mas até mesmo crianças pequenas sofrem”, pontua.





Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Clique aqui para fazer o seu cadastro.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.

Entre em contato com a redação ❯
WhatsAPP DIARINHO

Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






100.28.132.102

Últimas notícias

Empresário acusado de assassinato é preso dirigindo Camaro em Itapema

Litoral

Empresário acusado de assassinato é preso dirigindo Camaro em Itapema

Brusque recebe o Avaí no Gigantão das Avenidas

Série B

Brusque recebe o Avaí no Gigantão das Avenidas

Vôlei: Seleção brasileira de novos faz amistosos em SC

Futuro da amarelinha

Vôlei: Seleção brasileira de novos faz amistosos em SC

Balneário Camboriú domina regional dos Joguinhos com cinco troféus

Esporte

Balneário Camboriú domina regional dos Joguinhos com cinco troféus

40 dias depois: Greve de federais caminha para o fim com propostas do governo

EDUCAÇÃO

40 dias depois: Greve de federais caminha para o fim com propostas do governo

Acidente entre carro e moto acaba em confusão no Imaruí

ITAJAÍ

Acidente entre carro e moto acaba em confusão no Imaruí

Justin Timberlake é preso dirigindo bêbado

Se passou

Justin Timberlake é preso dirigindo bêbado

Juliana Pavan é alvo de montagens na internet

MEME OU FAKE NEWS?

Juliana Pavan é alvo de montagens na internet

Arraiá traz sabor de festa junina ao Itajaí Shopping; veja o menu

DELÍCIAS

Arraiá traz sabor de festa junina ao Itajaí Shopping; veja o menu

Bianca Andrade anuncia 50 tons de base, a maior cartela de cores do Brasil

Beleza

Bianca Andrade anuncia 50 tons de base, a maior cartela de cores do Brasil



Colunistas

Paulo Guedes prestigia BC

JotaCê

Paulo Guedes prestigia BC

Coluna Esplanada

Mais uma do PCC

E quem cuida de quem cuida?

Ideal Mente

E quem cuida de quem cuida?

Coluna Exitus na Política

O feitiço da educação: a magia de ser (3)

Gramado do Gigantão

Show de Bola

Gramado do Gigantão

Como o trabalho rural pode antecipar e aumentar o valor da aposentadoria

Direito na mão

Como o trabalho rural pode antecipar e aumentar o valor da aposentadoria

Luta por direitos

Via Streaming

Luta por direitos

Seja hábil para lidar com ambiente tóxico nas organizações

Mundo Corporativo

Seja hábil para lidar com ambiente tóxico nas organizações

Pastores deixam a Bola de Neve e flagra de tarado na praia de Navegantes: se liga no que bombou no DIARINHO

Na Rede

Pastores deixam a Bola de Neve e flagra de tarado na praia de Navegantes: se liga no que bombou no DIARINHO

Festerê família Silva e Sodré

Jackie Rosa

Festerê família Silva e Sodré

Colégio Catarinense 5

Histórias que eu conto

Colégio Catarinense 5

Artigos

Nos 164 anos de Itajaí, as pontes são para o futuro

Coluna Fato&Comentário

Itajaí: 164 anos de município, não de fundação

O dinheiro te serve ou você serve o dinheiro?

Diário do Investidor

O dinheiro te serve ou você serve o dinheiro?

Niver da Candice

Coluna do Ton

Niver da Candice

Níver da Margot

Gente & Notícia

Níver da Margot

“O mar, quando quebra na praia”

Foto do Dia

“O mar, quando quebra na praia”

Coluna Existir e Resistir

Designação geral sobre o fim do mundo



TV DIARINHO


Júri popular de motorista do Jaguar que matou duas mulheres e feriu outras três começa nesta quarta. ...





Especiais

 Marcha para Jesus se tornou um terreno político em disputa

BRASIL

Marcha para Jesus se tornou um terreno político em disputa

Confira 10 dicas para curtir Itajaí no feriado

15 de junho

Confira 10 dicas para curtir Itajaí no feriado

10 edifícios recomendados como um ótimo investimento

LUXO É VIVER BEM

10 edifícios recomendados como um ótimo investimento

Costa itajaiense coleciona casos de naufrágios

Desde o século 19

Costa itajaiense coleciona casos de naufrágios

Sapataria artesanal é um negócio de família 

Tradição

Sapataria artesanal é um negócio de família 



Blogs

Arraial do Passeio

Blog da Jackie

Arraial do Passeio

Ricardo Gracia Filho na prova de Le Mans

A bordo do esporte

Ricardo Gracia Filho na prova de Le Mans

Pavan diz que Gelson não tem equilibrio

Blog do JC

Pavan diz que Gelson não tem equilibrio

A pílula da felicidade

Blog da Ale Francoise

A pílula da felicidade

Amitti Móveis inaugura loja em Balneário Camboriú

Blog do Ton

Amitti Móveis inaugura loja em Balneário Camboriú

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Gente & Notícia

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

"Houve um racha de parte do União Brasil com parte do MDB”

Márcio Dedé

"Houve um racha de parte do União Brasil com parte do MDB”

“Este muro imaginário de [BC] rica e [Camboriú] pobre que tem que acabar”

LEONEL PAVAN

“Este muro imaginário de [BC] rica e [Camboriú] pobre que tem que acabar”

"No momento que eu implanto o pronto-socorro dentro de uma das alas do Ruth, eu resolvo atender o ser humano e não comprovante de residência e título de eleitor”

Edson Piriquito

"No momento que eu implanto o pronto-socorro dentro de uma das alas do Ruth, eu resolvo atender o ser humano e não comprovante de residência e título de eleitor”

"Balneário Camboriú não precisa de capitão, fantoches, seres iluminados, ungidos. Precisa de pessoas comprometidas com a democracia”

Marisa Zanoni Fernandes

"Balneário Camboriú não precisa de capitão, fantoches, seres iluminados, ungidos. Precisa de pessoas comprometidas com a democracia”



Hoje nas bancas

Capa de hoje
Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação