Colunas


Coluna Fato&Comentário

Por Edison d'Ávila -

Itajaí: berço da indústria náutica


Recente feira náutica, a maior do sul do país, realizada com sucesso na cidade, destacou o potencial e a relevância da construção naval em Itajaí. Comentaristas e autoridades, na ocasião, elogiaram o potencial da indústria naval itajaiense, já que ela contempla a cadeia completa do mercado náutico: produção, entrega, venda e promoção de embarcações.

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 





Ante tanto sucesso e merecidos elogios, é preciso dizer que essa expertise de Itajaí na construção naval não é coisa de agora e, sim, uma atividade econômica que acompanha a cidade desde o seu surgimento. Portanto, há mais de 200 anos!  A história o comprova.

Aires de Casal, fundador dos estudos geográficos brasileiros, em sua obra Corografia Brasílica, antes mesmo que surgisse a cidade de Itajaí, em 1817 escrevera que nas margens do rio Itajaí-açu havia muita madeira própria para a construção de barcos e que aqui se praticava a carpintaria da ribeira, como antigamente era chamada a construção naval, ofício de grande perícia e responsabilidade, exclusivamente artesanal e manual à época.

Em 1846, no município de Porto Belo, a que pertencia a então freguesia de Itajaí, existiam 50 carpinteiros da ribeira e 30 calafates. A maior parte desses profissionais era moradora das margens do rio Itajaí-açu. Esses construtores de barcos vieram em maioria do litoral de São Paulo e do Paraná. O local mesmo em que se construiu em 1824 a primitiva capela do Santíssimo Sacramento, que deu origem à cidade de Itajaí, na atual praça Vidal Ramos, era identificado como “o lugar Estaleiro”.

O primeiro construtor naval, dono de estaleiro e com muitos empregados, cujo nome pôde ser apurado, foi Agostinho Alves Ramos, principal responsável pelo surgimento de Itajaí. Ele era também mestre  do risco, que desenhava a embarcação a ser construída.  O estaleiro ficava em frente à sua casa, na esquina da praça Vidal Ramos com a rua Lauro Müller,  na beira do rio, e se compunha de um comprido rancho coberto de telhas, aberto nos lados, e uma carreira para fazer subir e descer embarcações.

Dois outros carpinteiros da ribeira se fizeram conhecidos: Bento Malaquias da Silva, originário de Guaratuba/PR e José Ignácio da Silva, chamado de Mestre Zé, que veio de Cananeia/SP. O primeiro fora agregado de Agostinho Alves Ramos, que lhe ensinou a arte da carpintaria naval, tendo feito significativa fortuna com seu ofício,  e Mestre Zé, patriarca de uma família de conhecidos construtores navais que até hoje ainda se envolve com essa atividade econômica (Estaleiro Felipe).

Os estaleiros, os engenhos de serra e as olarias foram as mais antigas indústrias de Itajaí. A atual expertise itajaiense na construção naval, pois, tão elogiada, deriva de uma experiência mais que bicentenária, do somatório de saberes acumulados, avanços tecnológicos e da competência da mão-de-obra que tanto se apurou nesses dois séculos.


Comentários:

Deixe um comentário:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.

Leia mais

Coluna Fato&Comentário

O Porto é nosso?

Coluna Fato&Comentário

2024 - Auspicioso ano do Bicentenário

Coluna Fato&Comentário

Abonada e insensível

Coluna Fato&Comentário

Uma santa passou por Itajaí

Coluna Fato&Comentário

O Português de a dama

Coluna Fato&Comentário

Pasquins: livre expressão do povo

Coluna Fato&Comentário

Enchentes: lições da história

Coluna Fato&Comentário

O ambientalista global em Itajaí e o grande susto

Coluna Fato&Comentário

“Montecchios”e “Capuletos” também em Itajaí

Coluna Fato&Comentário

Professor e historiador Moacir Costa

Coluna Fato&Comentário

Carijós, Peabiru e a foz do Itajaí

Coluna Fato&Comentário

Nóbrega Fontes, em duas comemorações

Coluna Fato&Comentário

Monsenhor Vendelino em Itajaí e sua época

Coluna Fato&Comentário

Trânsito público na Vila de Itajaí: normas de 1868

Coluna Fato&Comentário

Patrimônios em restauro: casas Bauer, Burghardt, Konder

Coluna Fato&Comentário

“Obras de Santa Engrácia”em Itajaí

Coluna Fato&Comentário

Homens de negócios precisam dar um presente a Itajaí

Coluna Fato&Comentário

Bicentenário da Paróquia e marco fundacional de Itajaí

Coluna Fato&Comentário

Adão e o alfaiate

Coluna Fato&Comentário

Carros de mola e transporte público



Blogs

A bordo do esporte

Volta da Ilha das Cabras abre temporada de regatas em São Paulo

Blog do JC

Lula e o genocídio

Gente & Notícia

Churrasco On Fire, da dupla Fernando e Sorocaba, chega a Massaranduba

Blog da Ale Francoise

Intestino preso, use todos os dias

Blog da Jackie

O ‘sim’ de Ângela e Dolor

Blog do Ton

Medicina Estética

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Entrevistão Adão Paulo Ferreira

"Porto sozinho não serve para nada. Ele precisa ter navios, linhas"

Irmã Simone

"Aqui nós atendemos 93% SUS”

Eduardo Rodrigues Lima

"A Marinha já fez 27 mil abordagens a embarcações no Brasil inteiro”

Edison d’Ávila

"O DIARINHO serve como uma chamada à consciência da cidade”

TV DIARINHO

Uma criança morreu atropelada por um caminhão no bairro São Vicente, em Itajaí, no final da manhã deste ...




Especiais

TURISMO

Japaratinga: vale a pena se hospedar no melhor resort do Brasil?

violência

Brasil tem um assassinato de pessoa trans a cada três dias

Programa diferente

Na Estrada: Escapada pra Curitiba num finde de verão

Presidente do STM

Acampamentos golpistas “foram tolerados por orientação” militar

Agropecuária

Bancada adota ‘discurso tóxico’ em anúncios nas redes sociais



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação