Matérias | Geral


STF suspende lei que proibia pesca de arrasto em território gaúcho

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Em decisão monocrática, o ministro Nunes Marques, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu liminar em ação direta de constitucionalidade movida pelo senador Jorginho Mello, do Partido Liberal (PL), suspendendo os efeitos da lei estadual do Rio Grande do Sul que proibiu a pesca de arrasto em embarcações motorizadas em todo o território gaúcho, incluindo as 12 milhas náuticas da faixa marítima da zona costeira do estado.

A decisão ainda está sujeita a aprovação pelo plenário do STF e tanto o governo do estado quanto a assembleia legislativa gaúcha podem recorrer. O ministro considerou que a lei prejudicou diretamente ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


A decisão ainda está sujeita a aprovação pelo plenário do STF e tanto o governo do estado quanto a assembleia legislativa gaúcha podem recorrer. O ministro considerou que a lei prejudicou diretamente os pescadores de Santa Catarina, que tiveram sua atividade econômica afetada pela restrição imposta pelo estado vizinho. 

A suspensão da lei nº 15.223/2018, que criou a “Política Estadual de Desenvolvimento Sustentável da Pesca no Rio Grande do Sul e o Fundo Estadual da Pesca”, atende a reivindicação de representantes do segmento pesqueiro, incluindo o Sindicato dos Armadores e das Indústrias da Pesca de Itajaí e Região (Sindipi), que desde a aprovação da lei tem apontado os prejuízos financeiros para o setor.



Na ação, o PL alegou que tal restrição de pesca nas 12 milhas só poderia ser votada e aprovada pelo Congresso Nacional, já que trata da faixa marítima, que seria de propriedade da União. O ministro teve o mesmo entendimento e levou em consideração que a lei estadual estava impactando a atividade econômica do estado vizinho. 

“Houve impacto econômico até mesmo no estado de Santa Catarina, onde há comunidades que possuem a pesca como principal fonte de subsistência [...] Com a proibição da pesca nas 12 milhas marítimas, tiveram suas vidas afetadas. E, no médio e longo prazo, perderão sua principal fonte de renda. Por esse ângulo, a lei estadual do Rio Grande do Sul acabou por gerar impactos em outro Estado da Federação, a extrapolar seus limites territoriais de competência legislativa”, decidiu Nunes Marques.





Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






44.192.38.49

Últimas notícias

Tarde de domingo

Temporal já alaga ruas de BC e Camboriú

Susto

Menino cai de prancha e se afoga em Piçarras

Centro de Itajaí 

Obras identificam esgotos irregulares na Hercílio Luz 

Brava 

Colocação de galerias chega no trecho final na Luci Canziani

ITAJAÍ

Obras no centro e Brava trancam cidade e geram queixas

Balneário Camboriú

Fundesporte BC vai distribuir R$ 300 mil para projetos esportivos

Destaque internacional

Lutador de BC é campeão europeu de jiu-jitsu

Tênis

Djokovic vence pela 10ª vez o Australian Open e volta ao topo do ranking

Jogão

Palmeiras vence o Flamengo e conquista a Supercopa do Brasil

PORTO BELO

Ônibus que passaria por reforma para ser motor-home é destruído pelas chamas 



Colunistas

JotaCê

Interventor do Porto?!

Foto do Dia

Horizonte inconfundível

Direito na mão

Quero me aposentar agora e não com mais idade: tem como?

Via Streaming

“Falando a real” aborda terapia e luto

Jackie Rosa

Niver do Armandinho

Canal 1

Um atraso querer comparar TV com serviços da TV paga e streaming

Na Rede

Confira os destaques das redes do DIARINHO nesta semana

Coluna Esplanada

Anistia na canetada?

Gente & Notícia

Lançamento

Clique diário

O pôr do sol!

Coluna do Janio

Rogério Corrêa fica

Coluna Exitus na Política

O dono da política

Coluna do Ton

Show Nacional

Artigos

Escultura Santa Ceia de Ervin C. Teichmann, prevista para a Igreja Matriz, está sendo oferecida a Itajaí pelo filho do escultor

Vinicius Lummertz

Turismo, para um Feliz Ano Novo

Coluna Fato&Comentário

Menino Jesus, São Nicolau, velho pom-pom e Papai Noel



TV DIARINHO


CHUVARADA FAZ ESTRAGOS NA REGIÃO: Só foi a chuva cair que várias ruas alagaram. O temporal deste domingo ...





Especiais

Pesquisa de preços 

Sorvetes apresentam diferença de até 50,62% nos principais supermercados

80 ANOS

Sorveteria Seara chega à quarta geração unindo receitas de família e novas tendências

NA ESTRADA COM O DIARINHO

Sete dicas pra curtir Balneário Camboriú num fim de semana 

Dia no mar

O que levar para uma refeição perfeita al mare

Deixa o vento me levar

Veleiros alugados navegam com grupos para alto-mar



Blogs

A bordo do esporte

Copa da Juventude abre no YCSA; Santa Catarina manda equipe para evento nacional

Blog Doutor Multas

Divisão de Registro de Veículos: entenda como funciona

Blog do JC

The Ocean Race

Blog da Ale Francoise

Moringa para imunidade

Blog do Ton

Festa The Box comemora 5 anos neste fim de semana em Balneário Camboriú

Blog da Jackie

Spring Party

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

David Fernandes “LaBarrica”

"Meu sonho é ser prefeito de Balneário Camboriú”

Evandro Neiva

"Vila da Regata de Itajaí vai atrair mais de meio milhão de visitantes

Luíza Moreira

"Meu avô tinha uma marca de ferro na coxa. Hoje em dia eu me revolto ainda por causa da escravidão, porque ainda tem muito preconceito”

Alvim Sandri

"Levei a vida que a minha mãe ensinou: fé em Deus e andar certo



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação