Matérias | Geral


Itajaí

Semasa monta esquema para distribuição de água em Itajaí; prazo para normalização do fornecimento não é divulgado

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Os problemas de abastecimento de água em Itajaí, após o rompimento da barreira de contenção da cunha salina na barragem do rio Itajaí-mirim, continuam. O Semasa montou um esquema de distribuição de água mineral na cidade enquanto a alta taxa de sal na água tratada persistir. A cobrança da fatura está suspensa. A procura por galões de água mineral em mercados e distribuidores também aumentou, sendo que em algumas lojas o produto já está em falta e, em outras, já houve alta nos preços.  A autarquia não informa quantos dias mais a cidade vai enfrentar o problema de alta salinidade na água da rede. Até o início da tarde, eram 14 pontos de retirada de água ativados na cidade pelo Semasa. Foram compradas 18 caixas de água e outras 20 chegariam nesta segunda-feira pra ativação de novos pontos e garantir a cobertura em todo o município. Como medida emergencial, a autarquia também suspendeu a cobrança do consumo na fatura a partir do dia 13 de outubro, quando a estrutura da cunha salina se rompeu na barragem, até que a qualidade da água volte ao normal. Os pontos de água mineral estão sendo abastecidos por caminhões-pipa. Eles vão atender os locais das 7h às 23h e durante a madrugada dois caminhões-pipa estarão disponíveis. Os moradores precisam levar galões e garrafas e podem encher os recipientes à vontade, sem limite por pessoa. Segundo o Semasa, a água mineral é de qualidade e as caixas d’água foram higienizadas antes de serem instaladas nos locais. O nome do fornecedor de água mineral não foi informado, apesar dos questionamentos da reportagem é de vários consumidores. A escola básica Gaspar da Costa Moraes, no bairro Fazenda, é um dos pontos já ativados, com quatro torneiras. Desde ontem, os moradores da região estão levando todo tipo de recipiente pra garantir a água pra fazer comida e beber. “Lavar roupa nem pensar, só o essencial mesmo. E banho não tem como”, comentou o empresário Ilson Wolf, de 48 anos, ao abastecer um galão de cinco litros pra fazer o almoço. Ilson é síndico de um condomínio na Fazenda e conta que há preocupação com possíveis prejuízos nas tubulações e equipamentos do sistema de aquecimento de água do prédio devido ao problema da salinidade na rede. O tecnólogo mecânico Vanderlei Damiani Preve, 65, também foi pegar água no ponto de coleta na escola. Ele encheu um galão de 20 litros que tinha comprado no mercado e foi usado durante o fim de semana. Nos últimos dias, Vanderlei tem se virado com banho frio e a água para consumo teve que ser comprada. Para evitar choques e não estragar a resistência, ele desligou o chuveiro. “Se ligar, a resistência queima na hora porque tem muito sal na água”, afirma. O morador está com a caixa cheia, mas está usando apenas para descarga. Vendas de galões de água dispararam A procura por água mineral nas revendedoras e supermercados aumentou durante o final de semana diante dos problemas de abastecimento em Itajaí. Na distribuidora JM, no bairro São João, o produto acabou nesta segunda-feira. Em outros quatro estabelecimentos consultados pelo DIARINHO, ainda havia galões de 20 litros disponíveis com preços normais. Alguns moradores relataram alta de R$ 12 pra R$ 14 em comércios do centro e do bairro Fazenda. Na Imperador Água e Gás, os entregadores tentam dar conta dos pedidos que chegam a toda hora pra diversos bairros. A proprietária da empresa, Francieli Clerici, conta que a procura mais que duplicou em relação aos dias normais. A entrega de galões que ficavam entre 80 e 100 por dia chegou a 240 só na manhã de ontem. “Nem no auge do verão deu uma procura dessas”, relata. Uma das marcas vendidas pela empresa já teve o estoque zerado, mas o fornecedor garantiu a entrega. Francieli continua com os mesmos valores – R$ 10,50 pra entrega e R$ 6,50 pra retirar. Ela não prevê aumento de preços e diz que as distribuidoras estão mantendo os valores no momento. Ressarcimento de prejuízos O Semasa informa que está ressarcindo os clientes que tiveram as resistências dos chuveiros queimadas pela água salina. É preciso apresentar foto ou o produto danificado e a nova fiscal da resistência nova comprada. Casos específicos de danos em chuveiros e torneiras elétricas serão analisados. A autarquia não explicou se estragos em lavadoras e outros equipamentos também serão bancados. Uma moradora relatou que os preços das resistências também aumentaram em Itajaí. O produto pra chuveiros Sintex subiu de R$ 10,50 na quarta-feira passada pra R$ 13,50 nesta segunda-feira em uma loja de material de construção, segundo contou a cliente. Ela tinha voltado à loja pra comprar uma resistência reserva e ficou surpresa com o valor já diferente. De acordo com o diretor geral do Semasa, Diego Antônio da Silva, o problema na cunha salina ainda afeta a captação. “O abastecimento de água está normalizado, só que a água está com uma concentração de sal muito grande”, diz. Conforme Diego, a captação foi mantida pra atender as necessidades básicas, como banheiro, descarga e banho. Mas os moradores enfrentam problemas em diversas tarefas. Quem já teve a resistência queimada não consegue nem tomar banho frio por causa do sal. “É a mesma coisa que entrar no mar. Só sair do chuveiro e os olhos já começam a arder e coça o corpo todo”, relata uma moradora. No domingo, a cabeleireira Magda Regina Ribeiro Mendonça, de 50 anos, passou o dia lavando as roupas de casa e do salão em baldes e cestos com uma mangueira. “Lavei na mão para não correr o risco de queimar minha máquina”, disse a moradora do loteamento Nilo Bittencourt, no São Vicente. Causas de rompimento investigadas A barragem no rio Itajaí-mirim passou por obras emergenciais na semana passada, com a instalação de uma contenção de pedras no vão aberto entre a barragem e a margem do rio. A medida visa conter o avanço da maré com água salgada até o ponto de captação. Segundo o Semasa, a movimentação do solo na margem deslocou as estacas da cunha salina que impedem a passagem da água do mar. Inicialmente, a autarquia informou que o rompimento da ombreira da barragem teria sido em razão de um vazamento subterrâneo na adutora que passa pela barragem e leva água bruta pra estação Arapongas. Em postagem no domingo, o prefeito Volnei Morastoni (MDB) disse que as causas do problema estão sendo investigadas por uma equipe de engenheiros e mergulhadores. “Seguiremos tomando todas as ações necessárias para descobrir as causas deste desastre, sejam naturais ou provocadas, e assegurar à população que algo assim não se repita”, afirmou.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






3.238.181.138

Últimas notícias

Política

Evandro Neiva vai assumir a Santur

BOA NOTÍCIA

Estudo mostra que centro de Balneário tem o dobro de árvores listadas

ITAJAÍ

Motorista fica ferida após bater de frente com ônibus no Salseiros

TRAVESSIA

Marinheira é agredida por usuária do ferry

Congresso

As igrejas que dominam a nova ala evangélica na Câmara dos Deputados

IVO SILVEIRA

Pais enfrentam filas gigantes para matricular filhos em escola de BC

Fim do sonho

Flamengo é derrotado na semifinal do Mundial

Rede pública de saúde de Itajaí

Advogada espera há dois anos que enfermeiro que a abusou durante exame ginecológico seja punido

ITAJAÍ

MP quer que influenciadora golpista use tornozeleira

ITAJAÍ

Vídeo: Dupla de mulheres furta celular em loja em Itajaí



Colunistas

JotaCê

Visita do deputado a Itajaí

Coluna Esplanada

Mulheres negras

Coluna do Janio

Sequência positiva

Direito na mão

Como saber quando tenho que aumentar as contribuições ao INSS para uma boa aposentadoria futura?

Coluna Exitus na Política

Chiclete mascado embaixo do banco

Na Rede

Se liga no que foi destaque no DIARINHO nesta semana

Coluna do Ton

Seis Aninhos

Gente & Notícia

FÉRIAS

Foto do Dia

Olha a multidão!

Canal 1

Para ex-diretora da Globo, drama do humor também passa pela renovação

Via Streaming

“Falando a real” aborda terapia e luto

Jackie Rosa

Niver do Armandinho

Clique diário

O pôr do sol!

Artigos

Escultura Santa Ceia de Ervin C. Teichmann, prevista para a Igreja Matriz, está sendo oferecida a Itajaí pelo filho do escultor

Vinicius Lummertz

Turismo, para um Feliz Ano Novo

Coluna Fato&Comentário

Menino Jesus, São Nicolau, velho pom-pom e Papai Noel



TV DIARINHO


MUDANÇA POLÊMICA: O prefeito de Penha, Aquiles Costa (MDB), fez uma publicação que deu o que falar em ...





Especiais

Economia

Paixão Nacional Indústria da cerveja representa 2% do PIB e emprega 2,7 milhões de trabalhadores

Em frente à Univali

Bar Manias chega à maioridade atendendo ao fiel público universitário

Pesquisa de preço

Atacadões apostam em diversidade de marcas e descontos pra venda de cerveja

MESMA VIBE

Cinco atrações de Alicante que têm tudo a ver com Itajaí

Cinturão verde ameaçado

Inundações colocam em risco produção de hortaliças em Itajaí



Blogs

A bordo do esporte

Bahia recebe Desafio de canoagem Salvador - Morro de São Paulo no sábado (11)

Blog do JC

No escuro

Blog da Ale Francoise

Benefícios do chá de funcho

Blog Doutor Multas

Fumar e dirigir dá multa?

Blog do Ton

Festa The Box comemora 5 anos neste fim de semana em Balneário Camboriú

Blog da Jackie

Spring Party

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Volnei Morastoni

“Não sei quem inventou que eu tava com câncer. Eu tive um problema de estafa física e mental”

David Fernandes “LaBarrica”

"Meu sonho é ser prefeito de Balneário Camboriú”

Evandro Neiva

"Vila da Regata de Itajaí vai atrair mais de meio milhão de visitantes

Luíza Moreira

"Meu avô tinha uma marca de ferro na coxa. Hoje em dia eu me revolto ainda por causa da escravidão, porque ainda tem muito preconceito”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação