Colunas


Histórias que eu conto

Por Homero Malburg -

Homero Bruno Malburg é arquiteto e urbanista

Reminiscências de um passado escolar


Prédio dos Correios ficava na rua Gil Stein (foto: arquivo)

Em 1956, os padres salesianos chegaram em Itajaí. O “Ginásio Itajaí” do professor Cunha passou a ser “Ginásio Salesiano Itajaí”. O prédio, de um bege pálido, tinha suas salas de aula localizadas sobre o alinhamento do muro da rua Gil Stein Ferreira. A feira livre acontecia no pátio, atrás do Correio velho. Imaginem só a algazarra que ouvíamos durante as aulas, nos dias de feira.

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

OU

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


Os padres chegaram com normas disciplinares rígidas, conforme a cultura daquele tempo; ao chegarmos, tínhamos que depositar numa caixa, na entrada, a caderneta escolar: era um misto de diário escolar, boletim, livro de orações e normas de boa conduta. Para cada dia do ano letivo, a nossa presença lá tinha que ser carimbada. Isto, sete dias por semana, pois tínhamos aula também aos sábados e, no domingo, a missa era obrigatória. O carimbo de “missa” era imprescindível para entrar em aula na segunda-feira. Se alguém assistisse missa em outra igreja, deveria trazer a assinatura do padre que rezou a missa.

Devoções novas nos foram apresentadas pelos salesianos: Nossa Senhora Auxiliadora, Dom Bosco e um jovem de 15 anos: São Domingos Sávio, de gravatinha, paletó verde e uma frase: “La morte ma non pecatti”.

A cantina vendia sanduíches, laranjinha, Maria-mole, paçoquinha de amendoim, embaré e, de quebra, material escolar. O seu João, no pátio, vendia bananinhas.

Durante o recreio não se podia sentar. Devíamos nos manter sempre em movimento. O olhar vigilante do Conselheiro, padre Otávio Bortoline, cuidava disso.

O dia 24 de maio era dia de Nossa Senhora Auxiliadora. Desfilávamos impecáveis pelas ruas do centro, tal qual em sete de setembro. Da fanfarra começaram a fazer parte as cornetas ou clarins. Sabíamos os hinos da República, da Bandeira e o Nacional.

Em junho era outra festa, pois íamos ao Ginásio também à noite, para a festa junina e para angariar fundos para a construção do novo Ginásio, este que aí temos hoje. Na festa de encerramento do ano letivo, havia farta distribuição de medalhas de ouro, prata e bronze conforme os pontos conseguidos pelos alunos, em comportamento, disciplina e assiduidade às aulas. Nestas festas sempre havia um grupo de seminaristas  que vinha de Ascurra para apresentar cantos e peças de teatro.

O nosso Ginásio Salesiano Itajaí era um exemplo de ensino. Alguns alunos, influenciados pelos seminaristas, ingressavam no seminário, porém poucos aguentavam, retornando para suas casas.

A autoridade dos padres, todos eles professores, era incontestável; a disciplina era aplicada com rigor e ninguém discutia; era desta maneira e ponto final.

Concluído o ginásio, íamos fazer o científico em Blumenau, Florianópolis ou fora do Estado. Desta época que relatei, ficaram, além das recordações, os princípios morais, éticos e religiosos que nos moldaram o caráter. O Ginásio fazia parte da nossa vida, pois nele vivíamos a maior parte do nosso tempo. Sem irmos a ele, sobrava-nos o domingo à tarde; era quando íamos aos matinês dos cines Rex, Luz e Itajaí ou ao futebol dos times da cidade. Fico por aqui, trazendo mais um pouco da vida estudantil, lembrada hoje por muitos dos nossos filhos e até netos. Avante, Salesiano, pois ainda há muitas belas páginas a serem escritas.


Comentários:

Deixe um comentário:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.

ENQUETE

Municípios da região vão ter que ajudar a bancar contas do hospital Ruth Cardoso. Qual sua opinião?

Justo! Se moradores de várias cidades utilizam, todos têm que ajudar e decisão judicial está correta

O hospital deveria ser regionalizado e bancado pelo Governo do Estado

Não vejo necessidade. Muitos trabalhadores de Balneário Camboriú vivem nas cidades vizinhas

Nao tenho opinião sobre a decisão judicial



TV DIARINHO


Uma mulher foi arrastada pela correnteza do rio Itajaí-Açu em Rio do Sul. Ela se agarrou em um pedaço ...





Especiais

NA ESTRADA

BC oferece rolês gastronômicos, culturais, de compras e lazer

RIO GRANDE DO SUL

São Leopoldo: a cidade gaúcha onde quase todos perderam o lar

RIO GRANDE DO SUL

Governo Eduardo Leite não colocou em prática estudos contra desastres pagos pelo estado

Retratos da destruição

“Não temos mais lágrimas pra chorar”: A cidade gaúcha destruída pela 3ª vez por enchentes

MEIO AMBIENTE

Maioria de deputados gaúchos apoia projetos que podem agravar crise climática



Colunistas

Na Rede

Morte de produtor, garotinho com orgulho do pai na enchente e mais: confira os destaques do DIARINHO

Artigos

O combate ao abuso e à exploração de crianças e adolescentes é um compromisso coletivo

Jackie Rosa

Niver da Chris

JotaCê

Amin responde Chiodini

Mundo Corporativo

A importância do equilíbrio da autoestima no mundo organizacional

Coluna Esplanada

Palácio x Lira

Gente & Notícia

Níver da Margot

Ideal Mente

Luto coletivo: navegando juntos nas ondas da perda

Show de Bola

Vitória da base

Direito na mão

Mulher entre 54 a 61 anos: como antecipar a aposentadoria?

Via Streaming

“Justiça”

Coluna Exitus na Política

Vontade e solidariedade

Coluna do Ton

Chegando de Mendoza

Histórias que eu conto

Armação da infância II

Foto do Dia

“O mar, quando quebra na praia”

Coluna Existir e Resistir

Designação geral sobre o fim do mundo

Coluna Fato&Comentário

Anuário de Itajaí - 100 anos da 1ª edição




Blogs

A bordo do esporte

Atletas classificados para o Pan-Americano de VA'A

Blog da Jackie

Tá na mão!!!

Blog do JC

Visita na choupana do Chiodini e Rebelinho

Blog da Ale Francoise

A pílula da felicidade

Blog do Ton

Amitti Móveis inaugura loja em Balneário Camboriú

Gente & Notícia

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação