Colunas


Coluna Tema Livre

Por Rosan da Rocha - rrocharrosan@gmail.com

Parabéns, prefeito!


O prefeito de Penha/SC, neste final de semana, agindo dentro do seu poder de polícia, cancelou um evento de motos que teria na cidade, contrariando organizadores, participantes e simpatizantes, restabelecendo a ordem que todos os munícipes esperam de um gestor público.

O evento estava autorizado em lugar predeterminado, até que alguns participantes começaram a fazer arruaça pela cidade, colocando em sério risco a segurança e saúde da população, perturbando a ordem e deteriorando o patrimônio público.

Contudo, após o atitude acertada do prefeito, a justiça local cassou sua decisão autorizando o evento. Não se dando por satisfeito, o prefeito, usando as armas legais, recorreu da decisão e convocou a polícia Militar local para realizarem blitze, com apreensão de inúmeras motocicletas que se encontravam irregulares.

Tendo conseguido seu intento junto ao Tribunal de Justiça, novamente o evento restou cancelado.

Mesmo não tendo conhecimento dos motivos e justificativas  que levaram as duas decisões diferentes da justiça catarinense, tal episódio serve para deixar de exemplo que toda festa, evento, comemoração, seja públicas ou particular, deve seguir regras rígidas de condutas antes, durante e após sua realização.

É certo que a prefeitura municipal não pode fazer nenhuma discriminação, preterindo ou não autorizando qualquer atividade na cidade por antipatia, preconceito ou ideologia. Contudo, cabe ao prefeito que é o seu maior mandatário, zelar para que as festividades aconteçam dentro das normas legais, da ordem e bons costumes.

Eventos que acontecem, mesmo em local particular, mas que antes, durante ou depois, utilizam de espaço público para perturbar os munícipes, colocar em risco a vida de pessoas e deteriorar o patrimônio público devem ser barrados, pois em nada acrescentam ao turismo da cidade, pelo contrário, afugentam o público de bem que deseja visita-la  para lazer, diversão sadia e descanso.

Se querem fazer um encontro de motocicletas com barulho excessivo dos motores e manobras perigosas, que escolham um local particular apropriado, longe da comunidade e no meio do mato, pois barulho, desordem e imoralidade nunca foram ou serão atração turística.

Por fim, por conta da irresponsabilidade  de um dos participantes do citado evento que, após ingerir bebida alcoólica, deixando o local com sua motocicleta e seguindo pela BR - 101, veio a sofrer um acidente, ceifando a vida de sua caroneira. E a Lei? Concedeu fiança e soltou o criminoso.


Comentários:

Deixe um comentário:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.

Leia mais

Coluna Tema Livre

Cuidado com os candidatos

Coluna Tema Livre

Não é fácil ser mulher

Coluna Tema Livre

Armadilha política

Coluna Tema Livre

Tristeza na academia

Coluna Tema Livre

A propaganda eleitoral ilegal

Coluna Tema Livre

Semana Santa de reflexão

Coluna Tema Livre

Fabrício ficou

Coluna Tema Livre

Saia dessa vala imunda

Coluna Tema Livre

A volta do dragão inflacionário

Coluna Tema Livre

Maria vai com as outras

Coluna Tema Livre

Deus nos salve dos tiranos

Coluna Tema Livre

Petrópolis é mais uma vítima das autoridades

Coluna Tema Livre

Visita de Bolsonaro a Putim

Coluna Tema Livre

Triste Brasil

Coluna Tema Livre

Pais irresponsáveis, filhos doentes

Coluna Tema Livre

Nem guru e nem político de estimação

Coluna Tema Livre

Balneabilidade das praias

Coluna Tema Livre

Liberdade burra

Coluna Tema Livre

Falta de educação e fiscalização

Coluna Tema Livre

Renascimento



Blogs

Blog do JC

Quadrangular 71 anos

A bordo do esporte

Volta ao Mundo Globe40 parte para a Argentina

Blog Doutor Multas

Fumar e dirigir dá multa?

Blog do Ton

Festa The Box comemora 5 anos neste fim de semana em Balneário Camboriú

Blog da Ale Francoise

Os poderes da Spirulina!

Blog da Jackie

Spring Party

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Alvim Sandri

"Levei a vida que a minha mãe ensinou: fé em Deus e andar certo

Marcelo Sodré

"A hora que entrar o contrato de arrendamento essa agonia se dissipa. As empresas vêm pra fazer o porto continuar crescendo”

James Winter

“Só vai haver desemprego e demissão em massa se não tiver carga aqui no Porto de Itajaí”

Décio Lima

"Hoje, de R$ 97 bilhões que são arrecadados pelo governo federal em Santa Catarina, apenas R$ 7 bilhões voltam”

TV DIARINHO

Entrevistão com Alvin Sandri



Podcast

Entrevistão com Alvin Sandri

Publicado 03/12/2022 10:10


Especiais

OLHO NA DOSE

Pesquisa de preço mostra onde bebidas quentes são mais baratas

Na Estrada com o DIARINHO

Maravilhas naturais fazem de Bombinhas o Caribe catarinense

Itajaí

Do imóvel popular ao de altíssimo padrão são as apostas da Lotisa

Alto padrão

Procave agrega valor e exclusividade

Itajaí

Mercado da Brava continua em crescimento



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação