Colunas


Coluna Adjori SC

Por Rede Catarinense de Notícias -

Veto ao reescalonamento dos débitos de MEIs e empresas do Simples Nacional será derrubado


Emílio R. Schramm, da Fecomércio-SC Mobilização continua


Atento аs demandas de lideranзas empresariais de SC, senador Jorginho Mello confirmou que o governo federal já se prepara para esse cenário no Congresso

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

OU

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


 

Para amenizar o descontentamento provocado pelo veto presidencial ao Programa de Re-escalonamento do Pagamento de Débitos no Âmbito do Simples Nacional (Relp), o governo federal editou na terça-feira, dia 11, duas novas medidas para regularizar os impostos devidos por microempreendedores individuais (MEIs) e empresas do Simples Nacional. Contudo, as propostas foram consideradas insuficientes por lideranças empresariais de Santa Catarina.

"Toda iniciativa que vise amenizar as dívidas deve ser considerada. No entanto, as medidas editadas pelo governo federal para regularizar as dívidas de microempreendedores individuais (MEIs) e pequenas empresas optantes do Simples, ainda não são suficientes, pois são necessárias ações de renegociação e regularização que atendam a todas as empresas", observou o presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado de Santa Catarina (FCDL/SC), Ivan Tauffer, entidade que congrega 211 CDLs e 43.500 empresas associadas, sendo a grande maioria constituída de micro e pequenos empresários.

Da mesma forma, a Fecomércio-SC considera a iniciativa governamental pouco abrangente pois alcança apenas os débitos já inscritos na dívida ativa da União, sem incluir aqueles em fase administrativa de cobrança pela Receita Federal. “As medidas deixam de fora grande parte dos devedores, além de preverem prazos mais curtos e atenderem apenas uma pequena parcela dos negócios, pontuou Emílio Ross- mark Schramm, vice-presidente da Federação que representa mais de 700 mil empresas do setor terciário.

Medidas anunciadas pelo governo federal

O Programa de Regularização do Simples Nacional, anunciado pelo governo federal, permite que MEIs, microempresas e empresas de pequeno porte optantes do Simples regularizem suas dívidas com entrada de 1% do valor total do débito, dividido em até oito meses. O restante pode ser parcelado em até 137 meses, com desconto de até 100% de juros, das multas e dos encargos legais, que serão calculados a partir da capacidade de pagamento de cada empresa. Já a adesão ao edital da Transação do Contencioso de Pequeno Valor do Simples Nacional vale para as dívidas inscritas até 31 de dezembro com valor menor ou igual a R$ 72.720. O valor da entrada é o mesmo da outra modalidade, mas ela pode ser dividida apenas em três parcelas. O restante será pago em prazos menores, com descontos decrescentes. As parcelas terão valor mínimo de R$ 100 para micro e pequenas empresas e de R$ 25 para MEI.

Mobilização

Tanto a FCDL/SC como a Fecomércio-SC continuam mobilizadas pela derrubada do veto ao Relp. "É imprescindível aprovar o Relp em sua integralidade, contribuindo assim para a sobrevivência de milhares de empreendimentos, que geram postos de trabalho, tão necessários neste momento de retomada da atividade econômica no país, ainda convivendo com os efeitos da pandemia, que implicou queda de receita e até encerramento de atividades de muitas MPEs”, insiste Tauffer.

Ambas as federações encaminharam ofício aos deputados federais e senadores de Santa Catarina defendendo que o veto seja derrubado. "Ainda vivemos um período de incerteza na retomada da economia e o programa previsto no projeto (Relp) abrange um número maior de empresas, além de conceder prazos maiores para o pagamento das dívidas”, justifica Schramm.

Solução à vista

Presidente da Frente Parlamentar das MPEs e autor do Relp, o senador Jorginho Mello (PL/SC) está pessoalmente empenhado em reverter os impactos negativos do veto presidencial, em especial para o segmento das micro e pequenas empresas, considerado o grande motor da economia. Jorginho levou a Brasília a proposta de redação de uma portaria do Conselho Geral do Simples Nacional (CGSN), que desde a sanção recente de um outro projeto de sua autoria, o MEI Caminhoneiro (PLP 147 de 2019), passou a ter na formação entidades representativas dos pequenos negócios, como Sebrae e Conampe.

Segundo Jorginho Mello, a ideia é manter o prazo de adesão ao Simples em 2022 para 31 de janeiro. O pedido de adesão continuaria sem mudança, feito on-line. Em paralelo, uma portaria prorrogaria o prazo para regularização de débitos de 31 de janeiro para 31 de março. “É o tempo que precisamos para derrubar o veto no Congresso, já na abertura legislativa, em fevereiro”, assevera o senador.

O Programa Relp

O Projeto de Lei Complementar 46/2021, de autoria do sena- dor catarinense, prevê a criação do Programa de Reescalonamento do Pagamento de Débitos no Âmbito do Simples Nacional (Relp), com parcelamento em até 15 anos de dívidas de empresas do Simples Nacional e Microempreendedores Individuais (MEIs) com a União. O veto presidencial, motivado por possível infração à Lei de Responsabilidade Fiscal e à lei eleitoral, foi publicado no Diário Oficial de 7 de janeiro.

"O Relp foi aprovado por unanimidade no Congresso, depois de amplamente discutido com o ministro Guedes. As justificativas dadas pela equipe econômica para o veto não fizeram o menor sentido, e inclusive induziram o presidente Bolsonaro ao erro. Estamos falando de algo seríssimo, da possibilidade de descredenciamento do Simples de quase meio milhão de empresas, uma verdadeira tragédia – argumenta o senador, que garante, “vamos reverter”.

FCDL/SC lança nova campanha Comércio Consciente

A FCDL/SC lança a quarta fase da campanha Comércio Consciente, trazendo o incentivo à vacinação e respeito às regras sanitárias como apelo para que associados e consumidores continuem os cuidados contra Covid-19. A iniciativa recorre mais uma vez às 211 CDLs catarinenses, que possuem juntas mais de 43 mil associados, para que promovam a conscientização sobre a importância da saúde pública. “A Federação reconhece que a vacinação continua avançando em Santa Catarina - são mais de 5 milhões de pessoas com o esquema vacinal completo contra Covid-19 - mas a pandemia ainda está ativa, e a variante Ômicron se dissemina rapidamente, assim como a gripe. “Essas são ameaças reais à vida e ao esforço contínuo para a retomada da economia”, assinala o presidente da FCDL/SC, Ivan Tauffer. As peças da campanha, para diferentes mídias, trazem mensagens de conscientização e incentivo à contínua obediência às regras sanitárias e aos cuidados pessoais.


Comentários:

Deixe um comentário:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.



Bons negócios

Unimed Litoral está contratando terapeutas ocupacionais e fonoaudiólogos

Mercado de eletrificados cresce ainda mais no Brasil

VivaPark vai sediar competição de ciclismo; inscrições estão abertas


Veículos

Motos

Cg 160 Titan

R$ 22.500,00

Motos

Shadow 750

R$ 42.000,00

Motos

Biz 110i

R$ 14.600,00

Motos

Biz 125

R$ 19.600,00


Imóveis

Sítio, Chácara ou Fazenda

Vende-se Linda Chácara Na Paciência

R$ 1.500.000,00

Kitnet

Kitnetes Completas P/ Solteiros

Quartos

Quarto Para Alugar

Apartamento

Vendo Apartamento Em Bc

Casa

Vendo / Troco (sobrado)

R$ 300.000,00

Apartamento

Vendo / Alugo Apartamento


Empregos

Ofereço-me para trabalhar

Pedreiro, Encanador E Eletricista

Ofereço-me para trabalhar

Casal Para Cuidar De Chácaras E Sítios

Tenho vaga para

Fetrammasc Contrata

Tenho vaga para

Santlux Constrata

Ofereço-me para trabalhar

Pedreiro Com Boas Referências

Ofereço-me para trabalhar

Diarista / Faxina

Ofereço-me para trabalhar

Diarista / Pós-obra

Tenho vaga para

Pezzini Paes Contrata


De tudo

Comércio, escritório e indústria

Grampear Comércio E Assistência

Esporte e saúde

Massoterapia / Quiropatia






Entrevistão

LEONEL PAVAN

“Este muro imaginário de [BC] rica e [Camboriú] pobre que tem que acabar”

Edson Piriquito

"No momento que eu implanto o pronto-socorro dentro de uma das alas do Ruth, eu resolvo atender o ser humano e não comprovante de residência e título de eleitor”

Marisa Zanoni Fernandes

"Balneário Camboriú não precisa de capitão, fantoches, seres iluminados, ungidos. Precisa de pessoas comprometidas com a democracia”

Vilfredo e Heloísa Schurmann

"Nós reciclamos só 6% no Brasil. Na Europa já é 50%. A própria China já está com 35% de reciclagem” (Vilfredo)

ENQUETE

Qual o seu favorito se as eleições municipais de Penha fossem hoje?

Evandro dos Navegantes (PSD)

Gilberto Rodrigues (PP)

Janete Krueger (PSB)

Júnior Mafra (MDB)

Juraci Alexandrino (MDB)

Luizinho Américo (PL)



TV DIARINHO


Os motociclistas Jessica Aline, de 37 anos, e Rafael Augusto, de 33, são as vítimas fatais do acidente ...





Especiais

RIO GRANDE DO SUL

“Faltou escala para mostrar as chuvas no mapa”, diz chefe do Inmet em Porto Alegre

ONG DENUNCIA

JBS e FriGol teriam comprado gado ilegal criado na terra indígena Apyterewa

NA ESTRADA

Passeio verde, arte e vida urbana: mergulho em São Paulo

TRAGÉDIA

No Rio Grande do Sul, indígenas temem deixar suas casas pela inundação e perder território

Sem apoio federal

Escolas cívico-militares avançam nos estados



Colunistas

JotaCê

Vergonheira sem fim

Coluna Esplanada

Vai ter petróleo

Diário do Investidor

O dinheiro te serve ou você serve o dinheiro?

Via Streaming

Poder, obsessão e assassinato

Ideal Mente

Você tem fome de quê?

Direito na mão

Como o tempo de trabalho rural pode beneficiar sua aposentadoria

Show de Bola

O busão voltou

Na Rede

Explosão na oficina de motos, catarinense no leilão do Neymar e mais: o que bombou nas redes do DIARINHO

Coluna do Ton

Niver da Candice

Mundo Corporativo

Cansado das mesmas coisas na empresa, é hora de mudar?

Histórias que eu conto

Colégio Catarinense 4

Coluna Exitus na Política

O CHARME DA POLÍTICA: IGUALDADE E LIBERDADE [1]

Jackie Rosa

Felizes para sempre

Coluna Fato&Comentário

Associativismo comunitário em Itajaí: o começo

Artigos

O combate ao abuso e à exploração de crianças e adolescentes é um compromisso coletivo

Gente & Notícia

Níver da Margot




Blogs

A bordo do esporte

Paulista de Star 2024 será neste fim de semana no YCSA

Blog da Jackie

A + bela catarinense

Blog do JC

David, faz B.O contra Juliana Pavan

Blog da Ale Francoise

A pílula da felicidade

Blog do Ton

Amitti Móveis inaugura loja em Balneário Camboriú

Gente & Notícia

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação