Colunas


Coluna Tema Livre

Por Rosan da Rocha - rrocharrosan@gmail.com

Balneabilidade das praias


Todo verão é a mesma celeuma. O Instituto do Meio Ambiente de SC - IMA -  divulga o relatório de balneabilidade das praias do Estado, a imprensa publica e vira aquele estardalhaço, mormente nas praias mais procuradas.

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 





Os gestores públicos criticam o método adotado, muitas autoridades e ambientalistas discutem sobre o assunto, tem até pitaco de quem não entende patavina, mas o estrago está feito para o turismo da região.

Esta  semana o IMA divulgou mais um relatório de balneabilidade das praias de SC. E nas praias da região o que mais chamou a atenção é que em 10 pontos de coleta da Praia Central de BC, nove foram classificados como impróprios para o banho.

Se for verdade, se espera que sim, pois foi efetuado por um órgão ambiental com técnicos competentes, esta situação é muito ruim para a saúde dos banhistas e, em consequência, para o turismo da cidade.

Cabe ressaltar que Balneário Camboriú é a cidade, se não for a mais, está entre as primeiras de SC, quiçá do País, coberta por rede de esgoto.

Desta feita é urgente a identificação desse grave problema pelos órgãos municipais e informar a população.

Três causas podem estar ocorrendo:

1 - A coleta, por parte do IMA,  pode não está sendo feita com cuidados necessários e de acordo com o que preceitua as normas legais;

2 - O problema pode estar diretamente ligado ao Rio Camboriú que vem da cidade vizinha de Camboriú, sendo que esta não possui rede coletora de esgoto satisfatória e muitos de seus moradores jogam os dejetos orgânicos diretamente no Rio, sem qualquer tratamento;

3 - O canal do Marambaia ainda pode continuar jogando dejetos  no mar, advindos de ligações clandestinas efetuadas por moradores da cidade.

Essas três hipóteses tem solução. A 1ª e 3ª são mais fáceis de resolver.

- Com relação ao IMA é conferir, pedindo o relatório, se as análises foram efetuadas  com o mínimo de duas amostras e dentro de, no mínimo, cinco semanas, com a precaução da maré e de chuvas nas últimas 24 horas. E daqui pra frente o próprio município realizar amostras periódicas para confrontar com do IMA, identificação do real problema, divulgando-o.

- Já com o canal do Marambaia, apesar do município já ter efetuado, através da Emasa, uma checagem minuciosa, inclusive com punição de infratores e lacres, é necessário uma fiscalização perene e com mais rigor.

- No que tange ao Rio Camboriú, é denunciar formalmente os fatos aos órgãos competentes, inclusive ao IMA e aos Ministérios Públicos Estadual e Federal que tem o dever de exigir do município o devido tratamento do seu esgoto, realizando um Termo de Ajuste de Conduta ou uma Ação Civil Pública para amenizar e resolver o grave problema de saneamento. Se não for efetuado, o próprio município pode ingressar com demanda judicial cobrando de Camboriú os danos por sua inércia e incompetência.

O que não pode é a cidade de Balneário Camboriú ter belos atrativos turísticos, com aporte de vultosas quantias de verba privada e pública para agraciar seus moradores e trazer turistas, e ter uma praia, que é o seu maior bem natural, imprópria para o banho. 

De nada adianta ficar jogando a culpa no IMA, nas chuvas, na cidade de Camboriú, posto que para os banhistas e turistas tais argumentos nada adiantam. Tem que haver  ações concretas, inclusive informativas, para amenizar e sanar o problema.

Tenho certeza que os maiores  preocupados com tal situação são o prefeito municipal, a secretária do Meio Ambiente e o Diretor da Emasa, pois já demonstraram competência e cuidado com o meio ambiente. Mas é preciso agir com uma força-tarefa fixa, para que tal situação não fique se repetindo todo ano e maiores prejuízos não tragam para o turismo da cidade, inclusive acompanhar as análises do IMA nos momentos da coleta e questionar, denunciar.  qualquer irregularidade. 

É um contrassenso de um lado receber a Bandeira Azul, a maior premiação global dedicada a gestão de praias e de outro, em sua praia mais frequentada, ter a qualidade da água marcada como imprópria para o banho.

Para turistas e investidores pouco interessa saber quem é o culpado, o que importa é que ele quer uma praia limpa e segura para se banhar e passar suas férias.


Comentários:

Deixe um comentário:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.

Leia mais

Coluna Tema Livre

Tristeza na academia

Coluna Tema Livre

A propaganda eleitoral ilegal

Coluna Tema Livre

Semana Santa de reflexão

Coluna Tema Livre

Fabrício ficou

Coluna Tema Livre

Saia dessa vala imunda

Coluna Tema Livre

A volta do dragão inflacionário

Coluna Tema Livre

Parabéns, prefeito!

Coluna Tema Livre

Maria vai com as outras

Coluna Tema Livre

Deus nos salve dos tiranos

Coluna Tema Livre

Petrópolis é mais uma vítima das autoridades

Coluna Tema Livre

Visita de Bolsonaro a Putim

Coluna Tema Livre

Triste Brasil

Coluna Tema Livre

Pais irresponsáveis, filhos doentes

Coluna Tema Livre

Nem guru e nem político de estimação

Coluna Tema Livre

Liberdade burra

Coluna Tema Livre

Falta de educação e fiscalização

Coluna Tema Livre

Renascimento

Coluna Tema Livre

“Então, é Natal, e o que você fez?”

Coluna Tema Livre

Verão, festas e a Covid-19

Coluna Tema Livre

Verão e eleição - tudo a ver



Blogs

Blog do Ton

Cantora e ex-BBB Pocah faz show em Balneário Camboriú neste domingo

Blog do JC

Pontapé inicial

A bordo do esporte

Medalhistas olímpicos e campeões mundiais confirmam palestras no VelaShow 2022

Blog Doutor Multas

Especialista garante que dinheiro ‘físico’ vai acabar e criptomoedas estão com dias contados

Blog da Ale Francoise

Enema de café e suas funções

Blog Clique Diário

Itajaí - Navio - Panorama

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado

Blog da Jackie

BALNEÁRIO FASHIOW foi SHOW



Entrevistão

José Evaldo Koch

“O hortifruti é nosso berço”

Laerte Jacomel

"Estamos buscando o que todo mundo busca: paz de espírito”

Édison Carlos

“100 milhões de brasileiros não têm coleta de esgoto”

Walter Orthmann

"Quero ser útil enquanto eu puder”

TV DIARINHO

Talento e muita garra. Thiago “Miojo” é atleta do Boxe de Balneário Camboriú e, aos 19 anos, acumula ...



Podcast

Minuto DIARINHO 19/05/2022

Publicado 19/05/2022 21:53


Especiais

febre entre jovens

Uso de Cigarros eletrônicos acende alerta

Revitalização

Nova orla da Brava está em fase de projeto

Praia Brava

Novo acesso, através de Cabeçudas, será urbanizado

Praia Brava

Duplicação da Osvaldo Reis deve facilitar ligação com BC

Praia Brava

Via polêmica atrás da Lagoa do Cassino está em pauta



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯