Colunas


Coluna do Frei Betto

Por Coluna do Frei Betto -

Frei Cláudio Von Balen


Frei Cláudio, frade carmelita, era o pároco da igreja do Carmo, vizinha à casa de minha família em Belo Horizonte, e na qual fiz catequese. Esguio, alegre, sempre com uma nova piada na ponta da língua, este holandês de alma brasileira cativava todos que o conheciam. Na conversa, falava em frases curtas, terminadas por interjeições interrogativas, e seu olhar luzidio em busca da concordância do interlocutor expressava reticências. “Han?... hein?...”

Durante os anos em que estive preso pela ditadura militar, ele foi um dos meus anjos da guarda, ao lado de seu confrade Carlos Mesters. Suas cartas eram frequentes, e as respostas estão registradas em minhas “Cartas da prisão” (Companhia das Letras, 2017).

Em sua missa das 11, aos domingos, o espaçoso templo ficava repleto, e muitas vezes defendeu em seus sermões os presos e perseguidos políticos e denunciou o arbítrio que governava o Brasil. Ainda que poucos paroquianos tentassem intimidá-lo, jamais abdicou de sua postura profética na defesa dos direitos humanos. Trazia nos olhos da memória a visão de homens, mulheres e crianças que, durante a ocupação da Holanda pelos nazistas,  passavam famintos e sedentos pela pequena propriedade rural da qual seus pais tiravam o parco sustento da família.

Tinha-se a impressão de que era um homem onipresente. Visitava com frequência os paroquianos, ainda que não fossem católicos. Inúmeras vezes almoçou e lanchou na casa de meus pais, na esquina das ruas Major Lopes e Padre Odorico. Adorava as frutas do Brasil, que jamais havia conhecido em sua infância na Holanda. Vi-o fatiar e comer, sozinho, dois suculentos abacaxis.

Sempre o tive na conta de pároco modelo. Imprimiu um dinamismo na paróquia do Carmo raramente encontrado em outras. Com a colaboração de voluntários, mobilizados por sua contagiante simpatia, dotou-a de ambulatório e serviço de assistência jurídica, cursos profissionalizantes e rede de apoio aos moradores das favelas vizinhas, além de outras atividades.

Escritor compulsivo, trafegava com desenvoltura da liturgia à Bíblia, de temas comportamentais aos espirituais, e coletava a sabedoria contida em frases gravadas na traseira de caminhões, com as quais publicou um livro.

Formado em Psicologia, aprimorou em Roma sua formação teológica. Seus sermões, acentuados de bom humor, e até mesmo de “causos” de fazer beatos se arrepiarem, destoavam da ortodoxia. Não fazia pregações abstratas, e sim conectadas com a realidade, incisivas, contundentes. Seu comportamento heterodoxo provocou a ira de católicos conservadores que recorreram às altas instâncias eclesiásticas para que frei Cláudio fosse calado ou afastado da paróquia. A indignação causada pela proposta, inclusive junto a ateus e não paroquianos que tanto o  admiravam, suscitou massiva mobilização que o manteve no Carmo.

Nos últimos anos, o Alzheimer privou-o progressivamente da memória. De nosso último encontro, no jardim da casa paroquial, guardo o seu sorriso cândido e o fulgor afetuoso de seus olhos azuis. Há pouco, recolhido ao hospital, contraiu Covid. Aos 88 anos, transvivenciou.


Comentários:

Deixe um comentário:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.

Leia mais

Coluna do Frei Betto

Feliz Ano Novo

Coluna do Frei Betto

Império do medo

Coluna do Frei Betto

Adeus às cartas

Coluna do Frei Betto

Rituais para a felicidade

Coluna do Frei Betto

Feijão, fuzil e Araçatuba

Coluna do Frei Betto

Roberto Romano (1946-2021)

Coluna do Frei Betto

Democracia cultural

Coluna do Frei Betto

Cadê a cultura política?

Coluna do Frei Betto

O banqueiro e o sem-terra

Coluna do Frei Betto

Todos às ruas

Coluna do Frei Betto

Tem futuro esse futuro?

Coluna do Frei Betto

Resta-me humanidade?

Coluna do Frei Betto

Sansão merece figurar na Bíblia!

Coluna do Frei Betto

Pandemia da fome

Coluna do Frei Betto

Demônios fogem do inferno

Coluna do Frei Betto

Pátrias armadas

Coluna do Frei Betto

A reeleição de Bolsonaro

Coluna do Frei Betto

Meu lado mulher

Coluna do Frei Betto

Quem manda no Brasil

Coluna do Frei Betto

Guardar silêncio



Blogs

A bordo do esporte

ABDA é bicampeã do Brasileiro Sub-20 masculino de polo aquático

Blog do JC

Velho massifica na cachola de comissionados

Blog do Ton

Zezé Di Camargo & Luciano aterrissam em outubro no Expocentro BC

Blog Doutor Multas

5 golpes comuns que você deve ficar atento ao comprar um carro

Blog da Jackie

Spring Party

Blog da Ale Francoise

Tá com tosse aí?

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Décio Nery de Lima

"Vou retomar os investimentos que o Bolsonaro negou para Santa Catarina”

Jorginho Mello

"O candidato do presidente Bolsonaro é o Jorginho Mello”

Odair Tramontin

“O Partido Novo defende a privatização de tudo que for possível”

Jorge Bornhausen

“As urnas são absolutamente seguras. Até hoje ninguém descobriu fraude. É história de quem está pensando que pode perder”

TV DIARINHO

Entrevistão com Décio Lima - Candidato à Governador de Santa Catarina pelo PT




Especiais

Pesquisa DIARINHO

Preço da carne pode variar até 145%

Cidade histórica

São Chico tem o charme de 518 anos

Preços baixos

Atacarejos se multiplicam em Itajaí e disputam consumidor mais exigente

SE LIGA!

DIARINHO lança espaço de economia popular para ajudar você nas compras

Balneário Camboriú

Construtora e morador disputam área histórica aos pés da roda-gigante



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação