Colunas


Coluna esquinas

Por Coluna esquinas -

Proa da palavra


Temos uma caixa que guarda memórias. Daquelas que um dia nos tocaram, acolheram, causaram repulsa ou simplesmente nos deixaram com um sorriso largo. Nessa caixa, tão valiosa, guardamos tudo o que - não sendo considerado útil em uma sociedade tão pragmática – nos dá prazeres e alegrias.

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 





A música, o cheiro de pão no forno, uma paisagem que nos tira fôlego, a beleza da pessoa amada e, claro, a literatura. Essas coisas não são mensuradas e podem facilmente ser descartadas ou consideradas inúteis, mas compõem aquilo que chamamos experiências.

Mexa aí em tua caixa de memórias e perceba que facilmente te lembras das coisas que ficaram registradas porque marcaram tua presença no planeta. Só ficam aquelas que mudaram teus sentidos sobre o mundo. Sejam elas agradáveis ou não. O resto, vai fora.

Aprendi a gostar de ler quando vi que com a leitura poderia sair da cidade mesquinha em que nasci e voar por aí. Nos livros, conheci cidades, outras águas, pessoas e ainda tinha aventuras, medos e um cadinho de sonhos que passaram a morar em mim para o resto da vida. Foi a leitura que me tirou da solidão de uma cidade interiorana e ainda me brindou com universos muito mais amplos do que a pequenez de um lugar provinciano e desigual. A leitura que moveu meus pensamentos para outros mundos.

Convivo com tantas vidas e dou atenção aos detalhes que sempre me pegam pela curiosidade. Sou um escritor. Vivo disso. Mas é a leitura que ocupa completamente minha caixa de memórias.

Lembro-me de personagens literários que foram meus amigos por anos. Convivi com um pé de laranja (que não era lima), vivi aventuras nos pampas sem um cavalo, mas sentindo o cheiro das ervas de Ana Terra, e ficava emocionado ao pensar na dura vida dos meninos de rua na distante cidade de Salvador. Nunca perdi de vista a culinária de países latinos quando lia Isabel Allende ou Gabriel Garcia Marques. E um espelho nunca foi o mesmo depois de minhas passagens por Carrol e sua Alice. Ahhh! A literatura nunca me deixou pensar pequeno. Os voos sempre são em céu aberto.

O que é um bom livro? Antes de qualquer coisa ele precisa seduzir. O novo pensamento sempre começa com um bom enigma. Você tem a mesma sensação quando está diante de um bom mágico que faz algo inexplicável parecer fácil. A vida pede que sejamos seduzidos para que nossos pensamentos criem outros e, de repente, há uma rede deles povoando nosso cérebro.

A leitura tem essa mágica que só acontece quando somos provocados por nossos sentidos. Só assim, e tão somente assim, experienciamos nossa mais profunda humanidade com uma interpretação da vida mais ampla e plural.

Fica a dica:

Hoje tem lançamento do 4º FLI - Festival Literário de Itajaí - na Biblioteca Pública  Municipal, com uma programação que convida você a abrir janelas.  Às 19h. Vai lá e voe com a gente.


Comentários:

Deixe um comentário:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.

Leia mais

Coluna esquinas

Grasna, pato, grasna

Coluna esquinas

Quinquilharias

Coluna esquinas

Touch, mentiras e uma hashtag

Coluna esquinas

Os 10 dias em que ouvimos a palavra GRITO

Coluna esquinas

Ferida aberta

Coluna esquinas

Breve história de um muro

Coluna esquinas

A mão invisível da realidade

Coluna esquinas

O segredo dos dias

Coluna esquinas

Pantufas para pisar na lua

Coluna esquinas

Exercício de ser criança

Coluna esquinas

O instante antes do escuro

Coluna esquinas

Dentro da noite

Coluna esquinas

Bolhas

Coluna esquinas

Imagino, logo existo

Coluna esquinas

Hoje é quase horizonte

Coluna esquinas

Língua Solta

Coluna esquinas

Curto-circuito

Coluna esquinas

Posso dar um pitaco?

Coluna esquinas

Tirando poeira das ideias

Coluna esquinas

Qual é a sua felicidade?



Blogs

Blog do JC

Palavra é tudo!

Blog da Ale Francoise

Lanchinho do bem!

A bordo do esporte

Lola Cars na Fórmula E

Blog da Jackie

Os Fort’s e os Koch’s

Blog do Ton

Amitti Móveis inaugura loja em Balneário Camboriú

Gente & Notícia

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Carlos Chiodini

"Independentemente de governo, de ideologia política, nós temos que colocar o porto para funcionar”

Osmar Teixeira

"A gestão está paralisada. O cenário de Itajaí é grave. Desde a paralisação do Porto até a folha sulfite que falta na unidade de ensino”

Omar Tomalih

“Balneário Camboriú hoje é o município que está com o maior controle, com o menor número de notificações de casos de dengue”

Robison Coelho

"Nós não estaremos com o MDB aqui em Itajaí”

TV DIARINHO

Um aluno autista estaria sendo vítima de discriminação na escola Francisco de Paula Seara, da rede estadual ...




Especiais

NA ESTRADA COM O DIARINHO

6 lugares imperdíveis para comprinhas, comida boa e diversão em Miami

Elcio Kuhnen

"Camboriú vive uma nova realidade"

140 anos

Cinco curiosidades sobre Camboriú

CAMBORIÚ

R$ 300 milhões vão garantir a criação de sistema de esgoto inédito 

Legado de amor

Dona Maricotinha, aos 95 anos, tem a vida pautada pela família, religião e dedicação ao próximo



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação