Colunas


Coluna esquinas

Por Coluna esquinas -

O segredo dos dias


Com uma generosa dose de vertigem sou tentado a concordar que a humanidade está morrendo mesmo. Desejamos e compramos inutilidades diariamente sem a mínima desconfiança de que isso está nos exterminando.  Catastrófico demais? Vou arriscar outro modo de dizer a coisa:

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 





Ansiosos, queremos que as telas nos digam para que lado olharmos, sem consideramos que há vida ao redor. Como habitantes da caverna nem sequer ouvimos o que disse Platão alguns séculos atrás. Categórico demais? Vou tentar começar de outro modo:

Esgotados, deprimidos, tomando remédios que nos mantém acordados, ou nos permitem um perturbado sono, seguimos evitando o silêncio com medo de que a voz que fala lá dentro segrede coisas que nem mesmo nossa mais profunda intimidade ousa escutar. Estamos perdendo nosso mundo. Obscuro demais? Vou tentar dizer com um uivo:

Exigem o que exigiram noutro ano e exigirão no ano seguinte. A agenda continua cheia e meu tempo pede 48 horas para dar conta de um dia na vida de habitante dum país periférico que continua insistindo em dizer que está em desenvolvimento. Ouço isso desde bebê. Ahhh... claro, preciso ir para Cuba, Venezuela e blá blá blá? Vou ser paciente e dizer mais baixinho:

Vive as redes sociais como a única realidade possível. Uma imagem sem espelhos. Não vê o outro, mas somente o reflexo de si. Obcecado por sua vida, apaga a vida ao redor. Doente e maligno usa o pretenso anonimato para agredir, opinar, tomar postura sem nunca... sem nunca ter tocado a mão do vizinho. Essa insistente obrigação de ter sucesso vai matar o que resta de humanidade em cada um dos 7,8 bilhões de seres. Chega? Digo algo mais e ouço o que diz o vento.

Você não brinca com os dias e acata, com mansidão, tudo que vem pronto: engole apressado comidas com agrotóxicos e sementes transgênicas, contribui com o enriquecimento do mesmo laboratório que produz a semente e o remédio vendido na farmácia mais próxima a você. O agro é tóxico. O agro vende doença. Quando o vento sopra só para um lado, a árvore tende a crescer torta. Não vou tentar de outro modo, vou dizer como tenho aprendido duramente.

Sou do tipo que cria laços afetivos com objetos, pessoas e lugares. Não deixo que minha memória seja traída por objetos de vida curta ou relações apressadas. Demoro-me observando um céu quando uma lua nasce tímida. Conto com o tempo para que o silêncio me diga o que me acolhe. Tenho rituais que me dão tranquilidade e ainda escuto música em uma boa rede. Se gosto de surpresas? Aquela chegada inesperada de amigos no portão, com uma boa conversa e muitas coisas lindas para compartilhar. Não sou viciado em atualizações. Sou, admito, compulsivo para ouvir boas histórias, com a calma que elas merecem.

Com o tempo ganhamos serenidade e os dias são de riso.


Comentários:

Deixe um comentário:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.

Leia mais

Coluna esquinas

Grasna, pato, grasna

Coluna esquinas

Quinquilharias

Coluna esquinas

Touch, mentiras e uma hashtag

Coluna esquinas

Os 10 dias em que ouvimos a palavra GRITO

Coluna esquinas

Ferida aberta

Coluna esquinas

Proa da palavra

Coluna esquinas

Breve história de um muro

Coluna esquinas

A mão invisível da realidade

Coluna esquinas

Pantufas para pisar na lua

Coluna esquinas

Exercício de ser criança

Coluna esquinas

O instante antes do escuro

Coluna esquinas

Dentro da noite

Coluna esquinas

Bolhas

Coluna esquinas

Imagino, logo existo

Coluna esquinas

Hoje é quase horizonte

Coluna esquinas

Língua Solta

Coluna esquinas

Curto-circuito

Coluna esquinas

Posso dar um pitaco?

Coluna esquinas

Tirando poeira das ideias

Coluna esquinas

Qual é a sua felicidade?



Blogs

A bordo do esporte

Araruama (RJ) confirma calendário de regatas de 2023

Blog do JC

Quadrangular 71 anos

Blog Doutor Multas

Fumar e dirigir dá multa?

Blog do Ton

Festa The Box comemora 5 anos neste fim de semana em Balneário Camboriú

Blog da Ale Francoise

Os poderes da Spirulina!

Blog da Jackie

Spring Party

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Alvim Sandri

"Levei a vida que a minha mãe ensinou: fé em Deus e andar certo

Marcelo Sodré

"A hora que entrar o contrato de arrendamento essa agonia se dissipa. As empresas vêm pra fazer o porto continuar crescendo”

James Winter

“Só vai haver desemprego e demissão em massa se não tiver carga aqui no Porto de Itajaí”

Décio Lima

"Hoje, de R$ 97 bilhões que são arrecadados pelo governo federal em Santa Catarina, apenas R$ 7 bilhões voltam”

TV DIARINHO

Entrevistão com Alvin Sandri



Podcast

Entrevistão com Alvin Sandri

Publicado 03/12/2022 10:10


Especiais

Pesquisa de preços

Bora conferir as pechinchas da semana pra garantir o churrasco do jogo do Brasil

OLHO NA DOSE

Pesquisa de preço mostra onde bebidas quentes são mais baratas

Na Estrada com o DIARINHO

Maravilhas naturais fazem de Bombinhas o Caribe catarinense

Itajaí

Do imóvel popular ao de altíssimo padrão são as apostas da Lotisa

Alto padrão

Procave agrega valor e exclusividade



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação