Colunas


Coluna esquinas

Por Coluna esquinas -

O instante antes do escuro


Sou feliz quando contemplo o pôr do sol. Se não consigo vê-lo, me contento com o céu mudando de cores e a noite anunciando a força de solidões e grandes ventanias. Quem nunca teve dias em que se metamorfoseou no escuro da noite? Depois de seis meses distante das conversas nas ESQUINAS, volto para contar a vocês sobre o instante em que foi o bastante para minha vida inteira.

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 





Costumo sonhar muito durante o dia. Tenho cabelos arrepiados e uma infinidade de ideias que habitam as horas, sem chance de silêncios. Nas noites não. Nas noites raramente lembro de meus sonhos. Se um dia eu tiver a sorte de morrer na noite será tranquila a partida. Deixarei os sonhos aqui.

O que interessa em nosso papo de hoje não são os ocasos ou as noites, e muito menos os dias. Seria enfadonho e desnecessário esse papo. O que interessam aqui são os sonhos.

Meus sonhos enchem meus dias e ocuparam, por anos, minhas noites em claro. É com eles que vivo. Se for sonho não pode morrer, não é mesmo? Sempre quero o sonho antes de aceitar a realidade. Só existo por meus sonhos. A realidade e sua concretude só existem a partir de um sonho.

Sou humano, bem sei. Demasiadamente humano, diria meu filósofo de estimação. Meu tempo nesse planeta é pouco e pede atenção para não perdermos tempo. Meus sonhos ganham cores quando ouço a criança balbuciar as primeiras palavras, quando o pássaro me acorda com assobios, quando brota o alecrim verdinho ou quando toco a pele da pessoa amada. O instante para perceber isso é curto, a vida é curta.

Encaro a realidade sempre que posso. Mas comecei a sentir vontades maiores para enfrentar a vida e ganhei uma generosa dose de serenidade. Sem falar que comecei a praticar outras loucuras para suportar essa contraditória realidade, tão difícil de matar. Os sonhos habitam nossos olhos e o modo como olhamos para a realidade é que faz os sonhos continuarem movendo as horas.

Meu instante antes do escuro foi no dia 13 de março desse ano. Naquele instante abandonei coisas, encarei outras e o sorriso chegou para ficar, simplesmente porque arte e vida se misturaram impregnando de sentidos tudo que faço.

Corrompi meu nome ao me dizer poeta. Teci poemas no azul para me sentir em voo.

A vida preenche os dias e afaga os pensamentos.

Fica a dica

O filme (também em livro) O Escafandro e a Borboleta (dirigido por Julian Schnabel, 2008, França/EUA). Como é o mundo visto por um tetraplégico? Essa escolha narrativa ajuda a criarmos vínculo e a empatia mais naturais possíveis.


Comentários:

Deixe um comentário:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.

Leia mais

Coluna esquinas

Grasna, pato, grasna

Coluna esquinas

Quinquilharias

Coluna esquinas

Touch, mentiras e uma hashtag

Coluna esquinas

Os 10 dias em que ouvimos a palavra GRITO

Coluna esquinas

Ferida aberta

Coluna esquinas

Proa da palavra

Coluna esquinas

Breve história de um muro

Coluna esquinas

A mão invisível da realidade

Coluna esquinas

O segredo dos dias

Coluna esquinas

Pantufas para pisar na lua

Coluna esquinas

Exercício de ser criança

Coluna esquinas

Dentro da noite

Coluna esquinas

Bolhas

Coluna esquinas

Imagino, logo existo

Coluna esquinas

Hoje é quase horizonte

Coluna esquinas

Língua Solta

Coluna esquinas

Curto-circuito

Coluna esquinas

Posso dar um pitaco?

Coluna esquinas

Tirando poeira das ideias

Coluna esquinas

Qual é a sua felicidade?



Blogs

A bordo do esporte

Araruama (RJ) confirma calendário de regatas de 2023

Blog do JC

Quadrangular 71 anos

Blog Doutor Multas

Fumar e dirigir dá multa?

Blog do Ton

Festa The Box comemora 5 anos neste fim de semana em Balneário Camboriú

Blog da Ale Francoise

Os poderes da Spirulina!

Blog da Jackie

Spring Party

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Alvim Sandri

"Levei a vida que a minha mãe ensinou: fé em Deus e andar certo

Marcelo Sodré

"A hora que entrar o contrato de arrendamento essa agonia se dissipa. As empresas vêm pra fazer o porto continuar crescendo”

James Winter

“Só vai haver desemprego e demissão em massa se não tiver carga aqui no Porto de Itajaí”

Décio Lima

"Hoje, de R$ 97 bilhões que são arrecadados pelo governo federal em Santa Catarina, apenas R$ 7 bilhões voltam”

TV DIARINHO

Entrevistão com Alvin Sandri



Podcast

Entrevistão com Alvin Sandri

Publicado 03/12/2022 10:10


Especiais

Pesquisa de preços

Bora conferir as pechinchas da semana pra garantir o churrasco do jogo do Brasil

OLHO NA DOSE

Pesquisa de preço mostra onde bebidas quentes são mais baratas

Na Estrada com o DIARINHO

Maravilhas naturais fazem de Bombinhas o Caribe catarinense

Itajaí

Do imóvel popular ao de altíssimo padrão são as apostas da Lotisa

Alto padrão

Procave agrega valor e exclusividade



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação