Colunas


Coluna Tema Livre

Por Rosan da Rocha - rrocharrosan@gmail.com

O fatídico dia da Independência


Após atos com pautas e discursos antidemocráticos do presidente da República, bolsas despencam no Brasil e investidores estrangeiros se distanciam, cada vez mais, de colocarem seu rico dinheiro no País.

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 





Se os que foram para as ruas tivessem reivindicado uma vida melhor para os irmãos que estão desempregados, dos que estão passando fome, da diminuição do preço da gasolina, da inflação e da aceleração na compra e distribuição de vacinas, certamente, o presidente teria realizado medidas rápidas para salvar vidas e colocar comida na mesa dos que estão na miséria.

Mas, não. Foram para as ruas  pedir “liberdade” para criminosos, poder ameaçar pessoas, destilar ódio na internet, pedir intervenção militar e fechamento de instituições, que garantem nossa Democracia, só para defender um político que está pouco se lixando com a paz social, e que só pensa em defender a si, seus amigos, familiares e esconder sua incompetência e ilegalidades.

Para piorar, empolgado com a quantidade de pessoas e desejando inflamá-los ainda mais contra a Democracia, o presidente discursou incitando a desobediência contra decisão judicial, já que ele mesmo disse que não iria mais acatar ordem de um ministro do STF, como também chamou as eleições de “farsa”, novamente, afirmando que só sairia da Presidência “preso ou morto”, deixando claro que não aceitará a resposta democrática das urnas, mesmo sendo eleito oito vezes com as urnas eletrônicas.

Mais uma vez, diante da repercussão negativa perante os demais Poderes, por ter cometido crime de responsabilidade e na iminência de sofrer um “impeachment”, resolveu recuar  pedindo conselho a um ex-presidente. Mas já era tarde. Sua credibilidade como um presidente, digno do cargo que ocupa, já está devastada. E com a nota de recuo que sequer foi, por ele, escrita, mas que concordou e assinou, perdeu grande parte de seus seguidores que, inclusive, o chamaram de “traidor covarde”. O seu governo ACABOU.

Com aquelas pessoas que, diante de tantas barbaridades, mentiras, violência e ataques à Democracia, que o Presidente tem realizado, e o quanto que não fez de bom do que prometeu, mas ainda o apoiam e defendem, perdi as esperanças. São pessoas semelhantes aos militantes fanáticos, adoradores de Lula, que não enxergam, até hoje, que foi mais um criminoso na condução do nosso País.

Falo semelhante porque o Lula, apesar de indignado, aceitou sua prisão se entregando para a Justiça. A Dilma recebeu o “impeachment” e deixou o governo pela porta da frente. Já o Bolsonaro, apoiado por centenas de bolsonaristas aloprados, declarou  que nunca irá preso, e só deixa a Presidência morto. Ou seja, com ele, não é na Democracia, é na violência.

FELIZMENTE, essas pessoas pertencem a um grupo mínimo de fanáticos que não representam os centenas de milhões de brasileiros unidos, do bem, de mãos dadas que, apesar da diferença de ideias, ainda aguardam um presidente que honre o cargo que exerce, tratando todos com igualdade e eleito, democraticamente, pelo voto.


Comentários:

Deixe um comentário:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.

Leia mais

Coluna Tema Livre

Liberdade para aprender

Coluna Tema Livre

Futebol e politicagem

Coluna Tema Livre

Sete de setembro

Coluna Tema Livre

Alô, prefeitos e vereadores

Coluna Tema Livre

Democracia acima de tudo

Coluna Tema Livre

Urna eletrônica

Coluna Tema Livre

Uma imprensa livre fortalece a democracia

Coluna Tema Livre

Corrida para governar SC

Coluna Tema Livre

Deus na política

Coluna Tema Livre

A CPI e as “motociatas”

Coluna Tema Livre

Energia elétrica acende a luz vermelha

Coluna Tema Livre

Nunca idolatre político!

Coluna Tema Livre

500 mil mortes

Coluna Tema Livre

Use máscara

Coluna Tema Livre

Gol de placa

Coluna Tema Livre

É momento de união

Coluna Tema Livre

Ainda vivemos a 1ª onda

Coluna Tema Livre

“Eu autorizo”

Coluna Tema Livre

“Tudo Bandido”

Coluna Tema Livre

Respeito à vida



Blogs

A bordo do esporte

Campeão Mundial e Pan-Americano de Snipe treina filha de 14 anos para versão feminina

Blog do JC

Bolsa Estudante

Blog do Ton

Chefs Bruno Faro e Willian Vieira comandam noite gastronômica nesta quinta-feira no Quatro7, em Balneário Camboriú

Blog da Ale Francoise

Remédio natural para picada

Blog Doutor Multas

Financiamento e refinanciamento de veículo: afinal, é a mesma coisa?

Blog Clique Diário

O Auditório de Tenerife

Blog da Jackie

CasaCor Santa Catarina

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Ana Tereza Canziani Pereira Boschi

"O Implanon é tecnologia de ponta, e a gente vai oferecê-lo para as mulheres de Itajaí”

Ana Paula Bastos Cardoso

“O luto tem que ser encarado como uma forma natural da vida”

Fábio da Veiga

"Todos os players do mercado são favoráveis a esse modelo de gestão Landlord”

Francisco Graciola

"O patrimônio é o cliente”

TV DIARINHO

Confira os destaques desta sexta-feira




Especiais

AMPLIAÇÃO

Portonave projeta investimentos de mais R$ 500 milhões

NAVEGANTES

Atividade portuária consolida a economia

SANTA CATARINA

Navegantes tem o segundo maior aeroporto do estado

NAVEGANTES

Cluster da construção naval é aqui

MERCADO

Navship volta a contratar



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯