Colunas


Coluna Adjori SC

Por Rede Catarinense de Notícias -

Reajustes acendem alerta para gastos com pessoal


Pagamentos a professores e servidores da segurança pública vão inflar folha de pagamento

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 





A aprovação de reajuste de salários para profes- sores da rede estadual e
a proposta de 21% para servidores da segurança pública para 2022 são alvo de atenção da Secretaria de Estado da Fazenda (SEF) sobre o limite de gastos com pessoal. Segundo o secretário da pasta, Paulo Eli (foto), o governo quer evitar a volta ao chamado limite de alerta imposto pela Lei de Responsabili- dade Fiscal, quando a folha de pessoal ultrapassa 44,1% da receita corrente líquida. Hoje, o percentual é de 43,6% mas a virada de ano vai destravar pagamentos represados pela lei com- plementar federal 173, que impediu expansão da folha até o final de 2021.

Para o presidente da comissão de Finanças da Alesc, deputado Marcos Vieira (PSDB), pode haver um "estouro da boiada" caso o Executivo não segure os gastos. Somente os valores aprovados para o magistério representam R$ 740 milhões/ano extras. Para segurança serão mais R$ 656 milhões/ano. O total é de R$ 1,4 bilhão.

A Lei Orçamentária Anual, que prevê a receita e despesa para o ano que vem, ainda está em cons- trução. Por isso, Eli afirma que ainda é cedo para fazer projeções sobre o assunto, mas revela que qualquer outro reajuste a servido- res - como os da saúde,
por exemplo - precisará adequar-se ao espaço fiscal.

 

O SICOOB aderiu no final de agosto a um dos movimentos financeiros mais revolucionários dos últimos tempos: o Open Finance Brasil. O diretor executivo de Tecnologia da Informação do Sicoob, Antônio Vilaça Júnior, destaca que o Open Finance surge para dar voz aos consumidores. “O movimento abre portas para que vários players financeiros, entre eles as cooperativas e fintechs, possam oferecer personalização de produtos e serviços”, afirma.

 

BRDE contabiliza mais de R$ 2 milhões em operações do SC Mais Renda Empresarial

O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) iniciou a liberação das primeiras operações de crédito vinculadas ao Programa SC Mais Renda Empresarial. Em menos de uma semana, o valor em financiamento para micro e pequenos empresários catarinenses já chega a R$ 2,1 milhões. “De forma prática, já estamos atendendo os primeiros empreendedores, respon- dendo a iniciativa lançada pelo Governo do Estado de auxiliar as empresas com oferta de crédito, prazo e subsídio integral”, destaca o diretor de Acompanha- mento e Recuperação de

Crédito do banco, Marcelo Haendchen Dutra.

A empresária Luciana Heidt é proprietária de uma floricultura em Cunha Porã, no Oeste. Ela sentiu os efei- tos da crise e agora com os recursos disponibilizados pelo BRDE, através do SC Mais Renda Empresarial, vai conseguir investir em infra- estrutura, novos produtos e ainda manter o emprego dos 32 funcionários. “Em
29 anos de empresa nunca tínhamos tido acesso a um recurso como este com juro zero e facilidade de pagamento. O programa chega em boa hora dando perspectiva de cresci- mento do nosso negócio.

Agradeço por acreditarem no empreendedorismo catarinense”, comemora.
O financiamento de R$
100 mil foi feito através da Sicoob de Cunha Porã, uma das instituições credencia- das pelo BRDE.

“No site do banco há uma lista das instituições credenciadas para que o empresário tenha o aten- dimento mais próximo do seu negócio. As garantias serão negociadas direta- mente com a instituição onde o financiamento será solicitado”, explica o diretor financeiro, Vladimir Fey. (INFORME PUBLICITÁRIO)

 

100 MIL CIRURGIAS

Este é o volume de procedimentos eletivos que o governo quer rea- lizar em SC entre final de 2021 e 2022. O mutirão serve para reduzir a fila gerada pela pandemia.

 

Governo de SC quer acabar com 'penduricalho' dos defensores

O governo de Santa Catarina encaminhou à Alesc um Projeto de Lei (PL) para incorporar a indenização por uso do carro próprio aos salários dos defensores públicos do Estado. A medida serve para resolver o impasse do pagamento, considerado irregular pelo Tribunal de Contas (TCE). Na mesma proposta, o Executivo concede reajuste à categoria. Somando a incor- poração e a reposição salarial, a variação será de 44,2%.

 

Valorização I

Mesmo com o percentual proposto, o subsídio da categoria ainda estará abaixo de vários outros estados. Segundo o presidente da Associação das Defensoras e dos Defensores Públicos de SC (Adepesc), Cássio Kury Lopes, a baixa contrapartida financeira aos servidores tem sido o principal motivo para a desistência de profissionais em assumir cargos em SC. Nos últimos concursos, o índice de abandono dos aprovados foi de quase 50%.

Valorização II

Para Lopes, o Estado é menos competitivo do que outras unidades da federação, que oferecem até o dobro do salário para o início da carreira. Isso provoca fuga de grandes profissionais, alerta o presidente da Adepesc.

A valorização é uma das bandeiras da entidade, assim como a criação de mais vagas. Hoje, apenas 24 das 111 comarcas do Judiciário são atendidas por defensores.


Comentários:

Deixe um comentário:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.

Leia mais

Coluna Adjori SC

Um a cada cinco presos de SC não tem condenação

Coluna Adjori SC

Alta da inflação preocupa e pode gerar efeito cascata

Coluna Adjori SC

Governo de SC vai parcelar ICMS dos mais afetados

Coluna Adjori SC

Início da safra aquece mercado de crédito

Coluna Adjori SC

Modelo da educação brasileira pode estar equivocado

Coluna Adjori SC

Proposta de redistribuição do ICMS em SC vai afetar arrecadação das prefeituras

Coluna Adjori SC

Alesc aprova reforma da Previdência estadual

Coluna Adjori SC

TCE estuda brecha para salários da educação

Coluna Adjori SC

Governo admite emendas à Previdência

Coluna Adjori SC

Mortes por Covid têm queda de 26% em SC

Coluna Adjori SC

O que é a reforma da Previdência estadual

Coluna Adjori SC

Alesc inicia tramitação da reforma da Previdência

Coluna Adjori SC

Reforma da Previdência domina agenda política e promete economia bilionária

Coluna Adjori SC

Em dois meses, Santa Catarina registrou 65 autuações por não uso de máscara

Coluna Adjori SC

Com falta de doses, ritmo de vacinação diminui em SC

Coluna Adjori SC

Economia de Santa Catarina inicia 2021 com confiança e expectativa em alta

Coluna Adjori SC

SC tem um óbito por Covid a cada 35 minutos em 2021

Coluna Adjori SC

Com avanço da Covid, sistema de saúde chega ao limite da capacidade



Blogs

A bordo do esporte

Campeão Mundial e Pan-Americano de Snipe treina filha de 14 anos para versão feminina

Blog do JC

Bolsa Estudante

Blog do Ton

Chefs Bruno Faro e Willian Vieira comandam noite gastronômica nesta quinta-feira no Quatro7, em Balneário Camboriú

Blog da Ale Francoise

Remédio natural para picada

Blog Doutor Multas

Financiamento e refinanciamento de veículo: afinal, é a mesma coisa?

Blog Clique Diário

O Auditório de Tenerife

Blog da Jackie

CasaCor Santa Catarina

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Ana Tereza Canziani Pereira Boschi

"O Implanon é tecnologia de ponta, e a gente vai oferecê-lo para as mulheres de Itajaí”

Ana Paula Bastos Cardoso

“O luto tem que ser encarado como uma forma natural da vida”

Fábio da Veiga

"Todos os players do mercado são favoráveis a esse modelo de gestão Landlord”

Francisco Graciola

"O patrimônio é o cliente”

TV DIARINHO

Confira os destaques desta sexta-feira




Especiais

AMPLIAÇÃO

Portonave projeta investimentos de mais R$ 500 milhões

NAVEGANTES

Atividade portuária consolida a economia

SANTA CATARINA

Navegantes tem o segundo maior aeroporto do estado

NAVEGANTES

Cluster da construção naval é aqui

MERCADO

Navship volta a contratar



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯