Colunas


Coluna Existir e Resistir

Por Coluna Existir e Resistir -

Presídio no Brasil: por que essa não é a solução?


 

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 





Tiago Santos

Atualmente no Brasil nós temos as chamadas facções criminosas. Quando um meliante é preso, automaticamente, ele tem que estar filiado a uma para se manter vivo. O que será que acontece se você pegar um ladrão de chocolate de supermercado e colocá-lo em uma cela lotada?

Em meio a um cenário de mijo, fezes e sangue, você transforma um bandido medíocre em um combatente a assalto a banco, sequestros e ataques de caixa eletrônico. Principalmente quando se trata de um réu primário. Estenda esse raciocínio e compreenda o porquê a redução da maioridade penal é uma estupidez.

Hoje, bandidos controlam o crime organizado de dentro da cadeia. Logo, grades não resolvem os problemas. Eles apenas os varrem pra debaixo do tapete. Só os agrupam. E isso nem de longe é verossímil como resolução.

Ressocialização no Brasil ainda é um tema tabu em muitos níveis. Por que? Eu não sei, já que ela é uma das pilastras da grande incógnita que é a violência na nossa sociedade. Qual a probabilidade de um ex detento, partindo do ponto que ele queira mudar de vida, conseguir um emprego, mesmo contendo ficha criminal? E sem portas abertas, o que ele faz? Sem perspectiva, sem nada a perder?

O Brasil está muito atrasado nesse quesito e esse texto já ficou longo sem nem que eu elenque suas causas e seus respectivos perfis, como a população carcerária ser majoritariamente negra e da displicência do executivo e jurídico nacional, até porque já falei sobre isso anteriormente e principalmente, sobre as prisões femininas.

Precisamos aprofundar um pouco o contexto de segurança pública. Causas, efeitos, soluções, consequências. Estamos há décadas enxugando gelo e apenas regredindo. Realmente, essa é a conjugação: regredindo.


Comentários:

Deixe um comentário:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.

Leia mais

Coluna Existir e Resistir

Entressafra

Coluna Existir e Resistir

Yasuke: O primeiro samurai negro

Coluna Existir e Resistir

Eterna professora Antonieta de Barros

Coluna Existir e Resistir

Direito invisível

Coluna Existir e Resistir

A importância das palavras

Coluna Existir e Resistir

O fato

Coluna Existir e Resistir

A branca tá usando trança! E agora?

Coluna Existir e Resistir

Militância de internet

Coluna Existir e Resistir

Dia Nacional do Samba: o que seria do Brasil sem este gênero musical?

Coluna Existir e Resistir

Racismo: um tema que não pode sair do nosso radar!

Coluna Existir e Resistir

Existir e Resistir

Coluna Existir e Resistir

O pensamento social brasileiro e a cultura do esquecimento

Coluna Existir e Resistir

A política da morte

Coluna Existir e Resistir

Carta ao Rei T’Challa

Coluna Existir e Resistir

Preguiça de falar sobre os males que o racismo causa

Coluna Existir e Resistir

Somos um país racista

Coluna Existir e Resistir

25 de julho – dia Internacional da mulher negra latino-americana e caribenha

Coluna Existir e Resistir

O choro é livre

Coluna Existir e Resistir

Brasil, lugar de todos?

Coluna Existir e Resistir

Igualdade e fraternidade: o diálogo como porta para a empatia



Blogs

Blog do JC

The Ocean Race

A bordo do esporte

Regatas do Brasileiro de Snipe 2023 agitam a raia de Jurerê, em Floripa

Blog da Ale Francoise

Moringa para imunidade

Blog Doutor Multas

O que o exame toxicológico consegue detectar?

Blog do Ton

Festa The Box comemora 5 anos neste fim de semana em Balneário Camboriú

Blog da Jackie

Spring Party

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Evandro Neiva

"Vila da Regata de Itajaí vai atrair mais de meio milhão de visitantes

Luíza Moreira

"Meu avô tinha uma marca de ferro na coxa. Hoje em dia eu me revolto ainda por causa da escravidão, porque ainda tem muito preconceito”

Alvim Sandri

"Levei a vida que a minha mãe ensinou: fé em Deus e andar certo

Marcelo Sodré

"A hora que entrar o contrato de arrendamento essa agonia se dissipa. As empresas vêm pra fazer o porto continuar crescendo”

TV DIARINHO

PROIBIDO ESTACIONAR! O principal acesso à praia do Cascalho, em Penha, voltou a ser palco do desrespeito ...




Especiais

Pesquisa de preços 

Sorvetes apresentam diferença de até 50,62% nos principais supermercados

80 ANOS

Sorveteria Seara chega à quarta geração unindo receitas de família e novas tendências

NA ESTRADA COM O DIARINHO

Sete dicas pra curtir Balneário Camboriú num fim de semana 

Dia no mar

O que levar para uma refeição perfeita al mare

Deixa o vento me levar

Veleiros alugados navegam com grupos para alto-mar



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação