Colunas


Coluna do Frei Betto

Por Coluna do Frei Betto -

Pátrias armadas


Estamos ainda muito distantes do mundo de paz. Em 2020, os EUA gastaram US$ 738 bilhões em armamentos. Bastariam dois terços disso para erradicar a fome no mundo. A China, US$ 193,3 bilhões. Detalhe importante: os EUA estão envolvidos em todos os conflitos bélicos que ocorrem no planeta e mantêm bases militares em inúmeros países. A China não possui tropas fora de seu território. A Rússia dispendeu US$ 60,6 bilhões em gastos militares ano passado, atrás da Índia e do Reino Unido.

Apesar de o PIB mundial ter decrescido 4,4% em 2020, o investimento bélico se ampliou, segundo dados do “Balanço Militar” do Instituto Internacional de Estudos Estratégicos, com sede em Londres. Ao todo foram gastos 1 trilhão e 830 bilhões de dólares em 171 países, sendo que 2/3 desse valor saíram dos cofres dos EUA e da China. Em moeda nacional, cerca de 10 trilhões de reais. A cada 24 horas do ano passado, os governos fizeram gastos militares no valor de R$ 27 bilhões, quantia quase equivalente ao orçamento do Bolsa Família para todo o ano de 2020, que foi de R$ 29,5 bilhões.

Comparado a 2019, ano passado houve  aumento em gastos com defesa de US$ 77,2 bilhões (cerca de R$ 417 bilhões). Desse total, 52% foram investimentos usamericanos.

A humanidade caminha sobre o fio da navalha. Como canta Chico Buarque, qualquer desavença entre nações “pode ser a gota d’água”. Explosiva. Em 2020, os EUA possuíam 5800 ogivas nucleares; os russos, 6375; em comparação com 320 chinesas, 290 francesas e 21 britânicas, segundo o Instituto Internacional de Estocolmo para Pesquisa da Paz.

       Em 2020, o Brasil destinou às Forças Armadas  R$ 119 bilhões, pouco mais de 1,5% do PIB. Vale observar que cerca de 80% dessas despesas foram com pessoal, incluindo aposentadorias e pensões. E lembrar que todos os militares que entraram nas Forças Armadas até o ano 2000 têm direito a deixar pensão vitalícia para as filhas, e também para os filhos menores de 18 anos. Naquele ano, houve uma mudança nessa regra, mas válida apenas para quem ingressasse no Exército, na Marinha ou na Aeronáutica a partir dali.

Sonho com um futuro em que armas e munições serão peças de museu. Como gravado em um muro de Paris, em 1968, “sejamos razoáveis, peçamos o impossível”. Imaginem se esses gastos excessivos fossem destinados à alimentação, saúde e educação da humanidade?

A dessolidariedade mundial se reflete na profunda desigualdade social reinante no planeta e nessa ideologia capitalista que situa a apropriação privada da riqueza acima dos direitos humanos. Basta constatar que 80% das vacinas contra a Covid-19 produzidas até agora foram apropriadas pela América do Norte e a Europa, e toda a América Latina conseguiu obter, até agora, apenas 5% dos imunizantes.

“O objetivo do governo não é transformar os homens de seres racionais em feras ou fantoches, mas permitir que desenvolvam seu corpo e sua mente em segurança, e empreguem sua razão sem dificuldades; que não mostrem ódio, raiva nem desprezo, e não sejam observados com os olhos da inveja e da injustiça. De fato, o verdadeiro objetivo do governo é a liberdade.” (Espinoza, século 17).


Comentários:

Deixe um comentário:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.

Leia mais

Coluna do Frei Betto

Feliz Ano Novo

Coluna do Frei Betto

Frei Cláudio Von Balen

Coluna do Frei Betto

Império do medo

Coluna do Frei Betto

Adeus às cartas

Coluna do Frei Betto

Rituais para a felicidade

Coluna do Frei Betto

Feijão, fuzil e Araçatuba

Coluna do Frei Betto

Roberto Romano (1946-2021)

Coluna do Frei Betto

Democracia cultural

Coluna do Frei Betto

Cadê a cultura política?

Coluna do Frei Betto

O banqueiro e o sem-terra

Coluna do Frei Betto

Todos às ruas

Coluna do Frei Betto

Tem futuro esse futuro?

Coluna do Frei Betto

Resta-me humanidade?

Coluna do Frei Betto

Sansão merece figurar na Bíblia!

Coluna do Frei Betto

Pandemia da fome

Coluna do Frei Betto

Demônios fogem do inferno

Coluna do Frei Betto

A reeleição de Bolsonaro

Coluna do Frei Betto

Meu lado mulher

Coluna do Frei Betto

Quem manda no Brasil

Coluna do Frei Betto

Guardar silêncio



Blogs

Blog do JC

Quadrangular 71 anos

A bordo do esporte

Volta ao Mundo Globe40 parte para a Argentina

Blog Doutor Multas

Fumar e dirigir dá multa?

Blog do Ton

Festa The Box comemora 5 anos neste fim de semana em Balneário Camboriú

Blog da Ale Francoise

Os poderes da Spirulina!

Blog da Jackie

Spring Party

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Alvim Sandri

"Levei a vida que a minha mãe ensinou: fé em Deus e andar certo

Marcelo Sodré

"A hora que entrar o contrato de arrendamento essa agonia se dissipa. As empresas vêm pra fazer o porto continuar crescendo”

James Winter

“Só vai haver desemprego e demissão em massa se não tiver carga aqui no Porto de Itajaí”

Décio Lima

"Hoje, de R$ 97 bilhões que são arrecadados pelo governo federal em Santa Catarina, apenas R$ 7 bilhões voltam”

TV DIARINHO

Entrevistão com Alvin Sandri



Podcast

Entrevistão com Alvin Sandri

Publicado 03/12/2022 10:10


Especiais

OLHO NA DOSE

Pesquisa de preço mostra onde bebidas quentes são mais baratas

Na Estrada com o DIARINHO

Maravilhas naturais fazem de Bombinhas o Caribe catarinense

Itajaí

Do imóvel popular ao de altíssimo padrão são as apostas da Lotisa

Alto padrão

Procave agrega valor e exclusividade

Itajaí

Mercado da Brava continua em crescimento



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação