Colunas


Coluna esquinas

Por Coluna esquinas -

Qual é a sua felicidade?


A medida que envelheço, valorizo ainda mais o serenidade. Por quê? Felicidade é um desses assuntos que, pelo tamanho de sua simplicidade, torna a conversa muito difícil. Falar ou praticar coisas simples é a um dos mais complicados atos humanos.

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 





Entra ano sai outro e insistimos com a ideia de que felicidade é o final do caminho. Almejamos tanto o propalado estado de felicidade que esquecemos completamente o que fazemos ou deixamos de fazer pelo caminho. Eis o velho ditado de que os fins “parecem” justificar os meios.

Nosso grande problema é que a felicidade está condicionada à posse. Minha felicidade ou a do outro está em possuir um bem material. A clássica pergunta que fazem os parentes distantes quando nos veem depois de algum tempo: “Como está o fulano?” é seguida de uma resposta – quase sempre- padrão: “está bem! Tem um bom emprego, casa e carro”.

A grande causa da infelicidade está na exigência de que devemos ser felizes. Começa pelos contos de fadas que terminam dizendo “e viveram felizes para sempre”  como se a partir dali nada mais importasse. Felicidade é o ponto final. Mas o os erros, acertos, caminhos certos ou errados, relacionamentos, amores grandes ou medíocres?  Cadê os nossos tropeços? Arrependimentos? Ou escolhas? Dúvidas? Afinal, não é disso tudo que a vida é feita?

Preste bastante a atenção em seus pedidos de final de ano. Sucesso profissional? Um grande amor? Outros mais abrangentes como paz, sucesso e... felicidade.  O que faz o tempero do que somos é exatamente o meio do caminho. Tudo o que passamos ou passaremos na vida. Alguns passam toda a vida procurando a felicidade que está em pequenos gestos, declarações de amor, beijos roubados, sorrisos e amigos. A felicidade está em fazer com que os outros tenham momentos felizes.

Lembre-se sempre que o que produz em nós a infelicidade é o desejo. Queremos muitas vezes coisas que são ilusórias. Possuir um objeto novo não nos torna felizes, o que pode é nos dar a sensação de que tudo é passageiro. O mercado capitalista vende a falsa ideia de que só seremos felizes com um objeto novo em nossas propriedades. Compramos, inclusive maneiras de viver. Cuide para que o seu caminho seja feito de momentos felizes.

Às vezes me parece inútil discutirmos conceitos tão abstratos como a felicidade. O melhor é discutir o que nos afeta de verdade, a dor, a depressão, o sofrimento, a sexualidade, a vida. Para transformar o mundo o que tem que mudar são as atitudes. Muita gente ao redor do mundo está pensando, imaginando e construindo novos mundos em uma economia solidária e conectada com o que está ao redor. Deus virou dinheiro e o capitalismo está no poder, mas já morreu faz tempo.

Fica a dica:

Não mudemos apenas de ano, mudemos de atitudes diante do mundo.


Comentários:

Deixe um comentário:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.

Leia mais

Coluna esquinas

Grasna, pato, grasna

Coluna esquinas

Quinquilharias

Coluna esquinas

Touch, mentiras e uma hashtag

Coluna esquinas

Os 10 dias em que ouvimos a palavra GRITO

Coluna esquinas

Ferida aberta

Coluna esquinas

Proa da palavra

Coluna esquinas

Breve história de um muro

Coluna esquinas

A mão invisível da realidade

Coluna esquinas

O segredo dos dias

Coluna esquinas

Pantufas para pisar na lua

Coluna esquinas

Exercício de ser criança

Coluna esquinas

O instante antes do escuro

Coluna esquinas

Dentro da noite

Coluna esquinas

Bolhas

Coluna esquinas

Imagino, logo existo

Coluna esquinas

Hoje é quase horizonte

Coluna esquinas

Língua Solta

Coluna esquinas

Curto-circuito

Coluna esquinas

Posso dar um pitaco?

Coluna esquinas

Tirando poeira das ideias



Blogs

A bordo do esporte

ABDA é bicampeã do Brasileiro Sub-20 masculino de polo aquático

Blog do JC

Velho massifica na cachola de comissionados

Blog do Ton

Zezé Di Camargo & Luciano aterrissam em outubro no Expocentro BC

Blog Doutor Multas

5 golpes comuns que você deve ficar atento ao comprar um carro

Blog da Jackie

Spring Party

Blog da Ale Francoise

Tá com tosse aí?

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Décio Nery de Lima

"Vou retomar os investimentos que o Bolsonaro negou para Santa Catarina”

Jorginho Mello

"O candidato do presidente Bolsonaro é o Jorginho Mello”

Odair Tramontin

“O Partido Novo defende a privatização de tudo que for possível”

Jorge Bornhausen

“As urnas são absolutamente seguras. Até hoje ninguém descobriu fraude. É história de quem está pensando que pode perder”

TV DIARINHO

Entrevistão com Décio Lima - Candidato à Governador de Santa Catarina pelo PT




Especiais

Pesquisa DIARINHO

Preço da carne pode variar até 145%

Cidade histórica

São Chico tem o charme de 518 anos

Preços baixos

Atacarejos se multiplicam em Itajaí e disputam consumidor mais exigente

SE LIGA!

DIARINHO lança espaço de economia popular para ajudar você nas compras

Balneário Camboriú

Construtora e morador disputam área histórica aos pés da roda-gigante



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação