Colunas


Coluna esquinas

Por Coluna esquinas -

Antônimos


As relações entre as palavras são um delicioso exercício de observação e reconhecimento dos limites e possibilidades da cultura e nosso entorno. Chegando o Natal, voltei ao assunto que me cerca de pensamentos e medos daquilo que somos e do que seremos.

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 





Ouço, muitas vezes, pessoas dizerem que o capitalismo – e sua filha maior, a sociedade de consumo - permite a liberdade e o direito de escolhas. Se assim você acredita, me explique algumas coisas: Às satisfações das necessidades humanas chamamos de CONSUMO. Mas por que mesmo compramos inutilidades e as lojas de quinquilharias made in china multiplicam-se em cada esquina? É necessidade? Do que mesmo? Você compra o que necessita ou apenas deseja? Pergunto, porque há diferença.

Se sossego e serenidade chamamos PAZ, qual é o motivo que move nossas línguas ferinas contra a vida alheia? Se somos livres, por que a vida do outro é motivo de nossas conversas e os reality show fazem tanto sucesso? Nada se espalha mais rápido do que fofoca.

Militares e religiosos têm suas bases em HIERARQUIAS. Explique-me, por favor, a frase “você sabe com quem está falando?” É afirmação de ego nessa hierarquia social, que diz ser o sobrenome mais importante do que o respeito humano?

A repetição de atos ou costumes caracteriza HÁBITOS SOCIAIS. Alguns se tornam leis não escritas e viram frases repetidas como a típica “sempre foi assim”. É bom dizer que somos nós que desenhamos a vida. Não digamos que sempre as pessoas agiram desta ou daquela forma, um dia esse ato teve início e foi imitado. Portanto, deixemos disso e estranhemos hábitos que prejudicam o outro ou a nós mesmos.

Memórias comuns caracterizam determinadas GERAÇÕES. Dizer que “no meu tempo não era assim” é afirmar que seu tempo já passou, mas afinal você está aqui e é responsável por esse tempo de agora também. Então se seus filhos consomem demais, são intolerantes com os outros ou simpatizam com ideias distorcidas sobre o mundo não se esconda em frases evasivas. Aja, porque você é responsável pela educação deles, ninguém mais. Mas também pode ser hora de rever seus conceitos.

O respeito a modos diversos de agir, pensar ou sentir denominamos ALTERIDADE. Por que mesmo somos preconceituosos com pessoas gordas ou com identidades de gênero ou etnias diversas? Por que rimos dos clichês nos programas humorísticos que ridicularizam o não normativo e nos deliciamos com a vida fictícia e ilusória das novelas?

Pois é, ouvimos que a sociedade de consumo é mesmo a possibilidade para que nossas escolhas sejam livres. Você tem certeza disso? São essas escolhas que estão gerando filhos que beiram ao abandono do que a vida tem de belo, simples e saudável.

Cuidado que os boatos são o começo da cegueira. O  capitalismo é um sistema parasita e existe para lidar com dinheiro, não com humanos. E a distorção das palavras chega a reboque.

Fica a dica:

No filme Parasita (Ano 2019. Direção: Bong Joon Ho) os caminhos de duas famílias se cruzam. As interações entre elas revelam as diferenças sociais e expõem problemas de classe. Apresenta um argumento sobre a pobreza e a riqueza que adquire um tom universal.


Comentários:

Deixe um comentário:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.

Leia mais

Coluna esquinas

Grasna, pato, grasna

Coluna esquinas

Quinquilharias

Coluna esquinas

Touch, mentiras e uma hashtag

Coluna esquinas

Os 10 dias em que ouvimos a palavra GRITO

Coluna esquinas

Ferida aberta

Coluna esquinas

Proa da palavra

Coluna esquinas

Breve história de um muro

Coluna esquinas

A mão invisível da realidade

Coluna esquinas

O segredo dos dias

Coluna esquinas

Pantufas para pisar na lua

Coluna esquinas

Exercício de ser criança

Coluna esquinas

O instante antes do escuro

Coluna esquinas

Dentro da noite

Coluna esquinas

Bolhas

Coluna esquinas

Imagino, logo existo

Coluna esquinas

Hoje é quase horizonte

Coluna esquinas

Língua Solta

Coluna esquinas

Curto-circuito

Coluna esquinas

Posso dar um pitaco?

Coluna esquinas

Tirando poeira das ideias



Blogs

A bordo do esporte

Inaê Sailing Team segue entre os primeiros da Copa Mitsubishi

Blog do JC

Não sabe de nada...

Blog da Jackie

Verão, calor, quentura e mormaço

Gente & Notícia

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Blog da Ale Francoise

Intestino preso, use todos os dias

Blog do Ton

Medicina Estética

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Entrevistão Adão Paulo Ferreira

"Porto sozinho não serve para nada. Ele precisa ter navios, linhas"

Irmã Simone

"Aqui nós atendemos 93% SUS”

Eduardo Rodrigues Lima

"A Marinha já fez 27 mil abordagens a embarcações no Brasil inteiro”

Edison d’Ávila

"O DIARINHO serve como uma chamada à consciência da cidade”

TV DIARINHO

Leilão de carros apreendidos em Santa Catarina deve ser mais agilizado com parceria entre Detran e Tribunal ...




Especiais

MEIO AMBIENTE

Ibama proíbe pulverização aérea de agrotóxico letal a abelhas, o tiametoxam

Caso Ilha de Marajó

Vereadora de Navegantes está entre os políticos que impulsionaram fake news sobre exploração sexual infantil

TURISMO

Japaratinga: vale a pena se hospedar no melhor resort do Brasil?

VIAGEM NO TEMPO

Museu do Carro traz nostalgia e diversão sobre o universo automotivo

NOVOS TEMPOS

SC é pioneira na promoção da mobilidade elétrica



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação