Colunas


Coluna esquinas

Por Coluna esquinas -

Janelas


Todo verso deveria vir das janelas. Chegaria esvoaçante falando baixinho e pousaria nos cantos da casa trazendo mais vida para dentro de nosso aconchego sagrado com sua potência. Permitindo não esquecermos que a arte sempre incomoda o acomodado.

Versos sem enquadramentos que cruzam nossa vida abrindo a cortina removendo nossos olhos e provocando curiosidade.  Se alguém quer a realidade fora da poesia, ligue a TV. Se alguém sonha a realidade que não essa, estenda o braço fora da janela e sinta o que diz o poema.

Quando somos atravessados por um poema, primeiro vem o calor acompanhado de calafrios. O poema entra em nossa vida trazendo pulso, vida, respiro, coragem. A poesia não pode ser definida senão corremos o risco de não a entender. Ela precisa ser sentida como uma janela que nos apresenta um outro lugar possível.

Olhe com esmero e calma para sua janela. Novamente debruce um tempo ali no parapeito sem enquadramento e olhe com reverência para teus movimentos, tua respiração, teu corpo e observe teus pensamentos. Tentou? A vida ganha forma quando sabemos que a pior atrofia é anestesiar os sentidos para o que está em volta.

Rir, ouvir, falar, tocar, beijar, gargalhar, dançar, cantar. Alegria é um conceito de resistência e de vida como disse o filósofo que nos apresentou seu deus como a harmonia entre as coisas que existem. A alegria é tudo que nos dá potência e, não tenho qualquer dúvida, a poesia é uma janela que permite movimentos.

Já tivemos um tempo em que as janelas abriam para campos, mares ou telhados do vizinho. Depois vieram as janelas velozes de carros ou telas ligadas. As janelas sempre nos remetem para longe. O olho pode sair daqui e flutuar noutra paisagem. Como o poema tem que ser assim quando chega.

Não quero, antes de me despedir, de lembrá-los de que se abandonar tuas potencialidades pode dar guarida à tristeza. Se você deixar que lhe submetam às racionalidades, controlem seu tempo ou seu corpo e pensamento está abrindo tuas janelas para um sistema que segrega, exclui, mata, separa e usa de discurso macio para convencê-lo de que não é nada disso. Grite sempre.

A melhor maneira de enfrentarmos o mundo obstuso, é achar nosso canto de criatividade.

Na dica de hoje, sugiro o filme Maudie - Sua Vida E Sua Arte (Ano 2017.  Direção: Aisling Walsh). Película que me fez parir a ideia do primeiro parágrafo desse texto e levar pensamentos para outro recanto. A personagem principal, entristecida, faz desenhos no vidro embaçado de uma janela quando diz: Uma janela. Eu adoro uma janela. A plenitude da vida já enquadrada. Bem ali.  Tentei não me perder no lirismo e na carga dramática que tem a história para ver a fotografia, o texto, a atuação incrível da atriz britânica Sally Hawkins.  Lindo de ver.

P.s. Olhe o filme indicado como quem deita na grama sob um sol de inverno.


Comentários:

Deixe um comentário:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.

Leia mais

Coluna esquinas

Grasna, pato, grasna

Coluna esquinas

Quinquilharias

Coluna esquinas

Touch, mentiras e uma hashtag

Coluna esquinas

Os 10 dias em que ouvimos a palavra GRITO

Coluna esquinas

Ferida aberta

Coluna esquinas

Proa da palavra

Coluna esquinas

Breve história de um muro

Coluna esquinas

A mão invisível da realidade

Coluna esquinas

O segredo dos dias

Coluna esquinas

Pantufas para pisar na lua

Coluna esquinas

Exercício de ser criança

Coluna esquinas

O instante antes do escuro

Coluna esquinas

Dentro da noite

Coluna esquinas

Bolhas

Coluna esquinas

Imagino, logo existo

Coluna esquinas

Hoje é quase horizonte

Coluna esquinas

Língua Solta

Coluna esquinas

Curto-circuito

Coluna esquinas

Posso dar um pitaco?

Coluna esquinas

Tirando poeira das ideias



Blogs

A bordo do esporte

Inaê Sailing Team segue entre os primeiros da Copa Mitsubishi

Blog do JC

Não sabe de nada...

Blog da Jackie

Verão, calor, quentura e mormaço

Gente & Notícia

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Blog da Ale Francoise

Intestino preso, use todos os dias

Blog do Ton

Medicina Estética

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Entrevistão Adão Paulo Ferreira

"Porto sozinho não serve para nada. Ele precisa ter navios, linhas"

Irmã Simone

"Aqui nós atendemos 93% SUS”

Eduardo Rodrigues Lima

"A Marinha já fez 27 mil abordagens a embarcações no Brasil inteiro”

Edison d’Ávila

"O DIARINHO serve como uma chamada à consciência da cidade”

TV DIARINHO

Leilão de carros apreendidos em Santa Catarina deve ser mais agilizado com parceria entre Detran e Tribunal ...




Especiais

MEIO AMBIENTE

Ibama proíbe pulverização aérea de agrotóxico letal a abelhas, o tiametoxam

Caso Ilha de Marajó

Vereadora de Navegantes está entre os políticos que impulsionaram fake news sobre exploração sexual infantil

TURISMO

Japaratinga: vale a pena se hospedar no melhor resort do Brasil?

VIAGEM NO TEMPO

Museu do Carro traz nostalgia e diversão sobre o universo automotivo

NOVOS TEMPOS

SC é pioneira na promoção da mobilidade elétrica



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação