Colunas


Memórias & Fatos

Por Memórias & Fatos -

Normélio Pedro Weber


Em todo setor que atua ele tem sempre um rumo certo para o sucesso. Maestro, professor e Superintendente da Fundação Municipal de Cultura de Itajaí, ele ainda atua nas ações do governo municipal. É, sobretudo, um conselheiro. Natural da cidade gaúcha de Frederico Westphalen, ele veio para Itajaí em 1981 e passou a dirigir o Coral da Igreja Matriz do Santíssimo Sacramento. Maestro de fina harmonia, logo passou a reger também o Coral da Univali e ali se fez professor. Foi inclusive professor no Colégio Salesiano. Na Univali exerceu o magistério durante 30 anos, sendo 25 como maestro do Coral. Apesar de tanta atuação, ele procurou aperfeiçoar-se cada vez mais aprimorando seus estudos. Fez mestrado em sociologia na Universidade de Santa Catarina (UFSC) e Doutorado em História Social pela USP. Foi uma correria e muito esforço para conciliar trabalho e estudos – com muitas viagens a São Paulo para fazer cursos na Universidade. Por tantos conhecimentos, foi indicado para prestar assessoria na Prefeitura Municipal. É o homem dos sete instrumentos. Na visita que me fez, acompanhado do empresário João Manoel da Silva, mostrei-lhe o livro ‘2020 ITAJAÍ 200 ANOS’ e ele logo interessou-se a levar a efeito a ideia de comemorar a data história de Itajaí pela fundação e oficializando Antônio Menezes de Vasconcelos Drummond como fundador. Assim se resgata 40 anos onde se conta 30 da atuação de Agostinho Alves Ramos como colonizador. Nesses 40 anos, inclusive, se destaca a fundação de Blumenau e também a colonização de Ilhota. Organizado e conhecedor das necessidades do povo, o professor Normélio – que não quer ser chamado de doutor – está sempre às voltas com projetos em pauta para ser executado. Influente também no Poder Legislativo do município, tem o dom de sugerir ideias para aprovação de importantes projetos. Tive o prazer em participar de formaturas com os reitores Edson Vilella, José Roberto Provesi e Mário Cesar Santos – e lá estava o Maestro Normélio abrilhantando o evento na regência do Coral da Univali. Uma vez muito especial foi na formatura em Odontologia de minha neta Clarissa. À frente da Fundação Municipal de Cultura, Normélio Pedro Weber é o homem forte na administração do Prefeito Volnei Morastoni. Em todo setor que atua ele tem sempre um rumo certo para o sucesso. Maestro, professor e superintendente da Fundação Municipal de Cultura de Itajaí, ele ainda atua nas ações do governo municipal. É, sobretudo, um conselheiro. Natural da cidade gaúcha de Frederico Westphalen, ele veio para Itajaí em 1981 e passou a dirigir o Coral da Igreja Matriz do Santíssimo Sacramento. Maestro de fina harmonia, logo passou a reger também o Coral da Univali e ali se fez professor. Foi inclusive professor no Colégio Salesiano. Na Univali exerceu o magistério durante 30 anos, sendo 25 como maestro do Coral. Apesar de tanta atuação, ele procurou aperfeiçoar-se cada vez mais aprimorando seus estudos. Fez mestrado em sociologia na Universidade de Santa Catarina (UFSC) e Doutorado em História Social pela USP. Foi uma correria e muito esforço para conciliar trabalho e estudos – com muitas viagens a São Paulo para fazer cursos. Por tantos conhecimentos, foi indicado para prestar assessoria na prefeitura Municipal. É o homem dos sete instrumentos. Na visita que me fez, acompanhado do empresário João Manoel da Silva, mostrei-lhe o livro ‘2020 ITAJAÍ 200 ANOS’ e ele logo interessou-se a levar a efeito a ideia de comemorar a data histórica de Itajaí pela fundação e oficializando Antônio Menezes de Vasconcelos Drummond como fundador. Assim se resgata 40 anos onde se conta 30 da atuação de Agostinho Alves Ramos como colonizador. Nesses 40 anos, inclusive, se destaca a fundação de Blumenau e também a colonização de Ilhota. Organizado e conhecedor das necessidades do povo, o professor Normélio – que não quer ser chamado de doutor – está sempre às voltas com projetos em pauta. Influente também no poder Legislativo do município, tem o dom de sugerir ideias para aprovação de importantes projetos. Tive o prazer de participar de formaturas com os reitores Edson Vilella, José Roberto Provesi e Mário Cesar Santos – e lá estava o Maestro Normélio abrilhantando o evento na regência do Coral da Univali. Uma vez muito especial foi na formatura em Odontologia de minha neta Clarissa. À frente da Fundação Municipal de Cultura, Normélio Pedro Weber é o homem forte na administração do prefeito Volnei Morastoni.


Comentários:

Deixe um comentário:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.

Leia mais

Memórias & Fatos

Tonho do Nicolau – um marujo sonhador

Memórias & Fatos

Carta ao Antônio

Memórias & Fatos

Só mesmo uma anistia

Memórias & Fatos

É tempo de perdoar

Memórias & Fatos

“Perdoa-nos as nossas dívidas”

Memórias & Fatos

“Perdoa-nos as nossas dívidas”

Memórias & Fatos

Quarentena literária

Memórias & Fatos

Dona Lucinha – uma santa mulher

Memórias & Fatos

De Drummond ao Morastoni

Memórias & Fatos

De Itapocorói ao Desterro

Memórias & Fatos

Saint-Hilaire & Drummond

Memórias & Fatos

2020 – o ano de Itajaí

Memórias & Fatos

2º centenário de Itajaí

Memórias & Fatos

O dono da venda

Memórias & Fatos

Itajaí de antigamente

Memórias & Fatos

Associação empresarial de Itajaí: 90 anos

Memórias & Fatos

O Brasil precisa de santos

Memórias & Fatos

Da Costa para o alto-mar

Memórias & Fatos

Eugênio Krause

Memórias & Fatos

O padre e a ponte



Blogs

A bordo do esporte

Volta da Ilha das Cabras abre temporada de regatas em São Paulo

Blog do JC

Lula e o genocídio

Gente & Notícia

Churrasco On Fire, da dupla Fernando e Sorocaba, chega a Massaranduba

Blog da Ale Francoise

Intestino preso, use todos os dias

Blog da Jackie

O ‘sim’ de Ângela e Dolor

Blog do Ton

Medicina Estética

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Entrevistão Adão Paulo Ferreira

"Porto sozinho não serve para nada. Ele precisa ter navios, linhas"

Irmã Simone

"Aqui nós atendemos 93% SUS”

Eduardo Rodrigues Lima

"A Marinha já fez 27 mil abordagens a embarcações no Brasil inteiro”

Edison d’Ávila

"O DIARINHO serve como uma chamada à consciência da cidade”

TV DIARINHO

Uma criança morreu atropelada por um caminhão no bairro São Vicente, em Itajaí, no final da manhã deste ...




Especiais

TURISMO

Japaratinga: vale a pena se hospedar no melhor resort do Brasil?

violência

Brasil tem um assassinato de pessoa trans a cada três dias

Programa diferente

Na Estrada: Escapada pra Curitiba num finde de verão

Presidente do STM

Acampamentos golpistas “foram tolerados por orientação” militar

Agropecuária

Bancada adota ‘discurso tóxico’ em anúncios nas redes sociais



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação